20.7 C
Santiago do Chile
Seguro Viagem

SEGURO VIAGEM – DÚVIDAS FREQUENTES

SEGURO VIAGEM – DÚVIDAS FREQUENTES

Oiee, e aí já estão programando a próxima viagem? Passagens, hotéis, looks, roteiros, tudo ok? Mas será que não está faltando um item importante nessa lista? Nossas dicas! Brincadeira, kkkk, essas também são super importantes, mas estou falando do seguro viagem!

Independente da distância da sua viagem, seja rápida ou longa, para a prática de esportes radicais ou somente relaxar, o seguro viagem é imprescindível. Afinal, imprevistos acontecem. E para evitar qualquer perrengue, a melhor saída é se prevenir.

Por isso, vou responder às perguntinhas mais frequentes e tirar tooodas as dúvidas de vocês, sobre ele! Vamos nessa?

Ahh, querem descontinho para contratar um seguro viagem? A gente te oferece 5% de desconto, usando o meu cupom (LAISEMESQUITA5). Só clicar nesse link: DESCONTO SEGURO VIAGEM


 O QUE É E PARA QUE SERVE UM SEGURO VIAGEM?

Alguns viajantes acham que o seguro viagem é uma despesa que só vale a pena, se o país de destino for bem distante do de origem. Isso não é verdade! Toda viagem, seja nacional ou internacional, de negócios ou lazer, envolve planejamento e riscos. Especialmente se você incluir atividades radicais. A gente acha (e torce), que nada dê errado na nossa viagem, mas imprevistos acontecem com qualquer um e é muito importante estar prevenido.

Dessa forma o seguro viagem funciona como um plano de saúde temporário e também uma garantia de indenização para várias situações como acidentes, doenças, extravio de bagagem ou até mesmo a troca de passagens. Fornecendo a cobertura para perdas financeiras, que possam ser causadas antes, durante e até depois de sua viagem.

Contudo, nem todos os países oferecem atendimento de saúde gratuito e sem o seguro viagem, uma simples consulta pode custar MUITO caro! Sem contar os remédios e a internação, caso sejam necessários. Definitivamente, não vale correr o risco de gastar mais do que o planejado, pela economia de não fazer o seguro antes de embarcar, não é minha gente?

Por isso, o seguro viagem deve ser prioridade no seu planejamento. Alguns países, inclusive, exigem que todo estrangeiro contrate um seguro de viagem como condição para entrar no seu território.


COMO CONTRATAR?

É muito simples! Você pode fazer todo o procedimento pela internet, efetuando o cadastro no site da seguradora escolhida e optar pelo seguro que mais atenda suas necessidades. Ou solicitar o auxílio de uma agência de viagens. Não se esqueça de fazer comparações de preços, pois há uma grande oferta no mercado.

Após a contratação e no momento do embarque, é muito importante ter em mãos ou de forma eletrônica, o contrato do seguro, mesmo que seja o do cartão de crédito. Além de haver a possibilidade de ser exigido na imigração do país de destino, ele será útil em caso de emergência para entrar em contato com a empresa.


COM QUANTO TEMPO DE ANTECEDÊNCIA DEVO FAZER O SEGURO VIAGEM?

Você pode contratar o seguro viagem até a data de embarque. Mas atenção! Se os passageiros já estiverem viajando, não é possível contratar ou prorrogar o seguro sem autorização da seguradora.

Por isso, de uma forma geral, os viajantes contratam o seguro para o período exato da viagem.


O QUE O SEGURO VIAGEM INTERNACIONAL COBRE?

Os seguros de viagem cobrem principalmente atendimentos médicos de urgência e emergência. Entretanto, eles oferecem outras garantias como indenização no caso de extravio de bagagem, determinada quantia em dinheiro, repatriação do corpo em caso de morte e até funeral.

A SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, exige que todos os seguros viagem ofertados no mercado brasileiro devem incluir obrigatoriamente assistência médica e odontológica, seguro de vida (que cobre morte ou invalidez por acidente) e traslado de corpo. Outro item essencial é atendimento 24 horas e em sua língua. Em caso de emergência, facilita muito conversar com os atendentes em português.

Seguem outras as principais coberturas dos seguros de viagem:

  • Atendimento médico e odontológico 24h;
  • Seguro no caso de interrupção ou cancelamento da viagem, em caso de emergência médica;
  • Visita ao segurado hospitalizado;
  • Acompanhante em caso de hospitalização prolongada;
  • Despesas farmacêuticas;
  • Hospedagem após alta hospitalar;
  • Remarcação de passagem para regresso;
  • Repatriação médica e funerária, que garante o retorno do viajante ao Brasil tanto em caso de doença e acidente quanto em caso de falecimento;
  • Assistência funeral;
  • Indenização no caso de morte;
  • Indenização no caso de invalidez permanente ou total;
  • Localização de bagagem extraviada;
  • Indenização no caso de extravio de bagagem;
  • Despesas jurídicas;
  • Pagamento antecipado de fiança.

Entre tanto a maioria das seguradoras NÃO cobre os seguintes eventos:

  • Roubo e furto;
  • Despesas médicas com tratamentos, fisioterapia e medicamentos que não tenham sido prescritos pelo médico e que não seja consequência de algum acidente ou imprevisto durante a viagem;
  • Danos à bagagem, como violação ou extravio de objetos;
  • Custos com tratamento de doenças epidêmicas, pandêmicas ou endêmicas;
  • Continuação de tratamentos médicos após o período da viagem;
  • Bens de uso pessoal como dinheiro, documentos, joias e aparelhos eletrônicos;
  • Tratamentos psiquiátricos;
  • Destinos em situação de guerra ou rebelião;
  • Imprevistos resultantes de fenômenos da natureza, tais como: inundações, terremotos, erupções vulcânicas, ciclones, furacões, maremotos, queda de meteoritos, etc. Nesse caso, ele só cobre se a viagem for cancelada em virtude dos fenômenos.
fan of 100 U.S. dollar banknotes

QUAIS OS VALORES DESTINADOS A REPOSIÇÃO DE PERTENCES EXTRAVIADOS?

Em casos de pertences extraviados ou roubados, como bagagem, documentos importantes ou até determinada quantia em dinheiro, o seguro pode repor o item perdido ou devolver o valor equivalente.

Dessa forma, itens mais caros como equipamentos esportivos, eletrônicos, roupas ou acessórios de grife, podem não ser contemplados em apólices padrão. Logo, se estiver levando alguns desses itens ou equivalentes, verifique se será preciso uma cobertura adicional, pois algumas seguradoras têm um limite máximo de valor para itens individuais.

man holding black smartphone in front of a windowpane

CASO SEJA NECESSÁRIO, COMO É FEITO O CONTATO COM A SEGURADORA?

Assim que finalizar a compra do seguro, no prazo estabelecido pela empresa, você receberá uma apólice por e-mail e nela estarão listadas todas as coberturas e os telefones, caso você precise de atendimento. Algumas seguradoras dispõem de aplicativos, através dos quais também é possível solicitar atendimento.


EM CASO DE EXTRAVIO DE BAGAGEM, QUANDO DEVO ACIONAR O SEGURO?

Primeiramente é preciso ter em mãos um comprovante de extravio, emitido pela companhia aérea para solicitar a assistência.

Existem dois tipos: o complementar e o suplementar! No caso do seguro de bagagem complementar, será necessário esperar que a companhia pague a indenização primeiro, para depois receber o valor restante através do seguro. Por outro lado, o seguro suplementar, independe da indenização da companhia e será pago assim que o extravio for comprovado.

person using laptop computer holding card

QUAL A DIFERENÇA DO SEGURO DO CARTÃO PARA O SEGURO VIAGEM DA SEGURADORA?

Antes de mais nada, muitas empresas de cartões de crédito oferecem para seus clientes um seguro de viagem internacional gratuito. Normalmente esse serviço é oferecido nas categorias Platinum ou superior, caso o cliente tenha efetuado a compra de passagens ou taxas de embarque com o cartão.

Contudo, antes de escolher é necessário pesquisar quais são as coberturas oferecidas e se elas atendem todas as suas necessidades de viajante. Caso contrário, essa economia pode se transformar em uma grande dor de cabeça durante a viagem.

A principal diferença é que o seguro dos cartões de crédito trabalha com o serviço de reembolso, ou seja, caso você precise de atendimento no exterior, irá desembolsar do seu dinheiro para pagar pelas despesas médicas. Por outro lado, as seguradoras trabalham com redes conveniadas e caso você precise, basta acionar a seguradora e eles irão te indicar a rede de atendimento mais próxima, sem precisar pagar nada além do que já foi pago na contratação.


QUAL SEGURO DE VIAGEM DEVO CONTRATAR?

O seguro viagem é feito de acordo com o país de destino, duração da viagem, idade do contratante e os tipos de atividades a serem realizadas durante o período fora. Existem diversas modalidades de planos, do mais básico ao mais completo. O mais importante é saber quanto tempo antes da viagem à cobertura se inicia e quanto tempo ela dura após, para o caso de cancelamento de voos na ida, atrasos no retorno ou até mesmo extravio de pertences.

Por isso as seguradoras de viagens oferecem uma variedade de opções que incluem cobertura para indivíduos, famílias e casais, e algumas também oferecem planos anuais e de viagens múltiplas para viajantes frequentes. O limite é o seu bolso, hahah!

Ao mesmo tempo, existem seguros especiais feitos exclusivamente para os eletrônicos, como celulares, computadores e máquinas fotográficas. Porém esse tipo de seguro não faz parte do pacote básico e deve ser contratado a parte. Bem como, a prática de esportes radicais, pode alterar o valor do seguro. Normalmente, a cobertura comum do seguro não é válida para acidentes provenientes de atividades esportivas como esqui, snowboard, escalada, mergulho etc.

Assim também os adultos acima de 70 anos e mulheres grávidas costumam ter preços diferenciados para o seguro. Até para crianças existem coberturas mais indicadas. Por isso, no momento da contratação, todos os detalhes devem ser informados para a seguradora, assim você ficará coberto dentro das suas expectativas.

Os seguros não seguem as mesmas regras para todos os países de destino. Alguns, como os que fazem parte da União Europeia, exigem seguros de viagem especial (são os seguros que seguem as regras do Tratado de Schengen). Se for usar o seguro do cartão de crédito, solicite informações específicas sobre o seu país de destino e detalhes do contrato.

Existem inúmeras seguradoras no mercado. Na hora de escolher uma, evite contratar empresas desconhecidas e com difícil atendimento para o usuário. Escolher o melhor seguro viagem fica muito mais fácil, quando você tem toda a assistência que precisa. Analise diferentes propostas, para encontrar a cobertura ideal e ainda pagar um preço mais justo pelo serviço.


O QUE É O TRATADO DE SCHENGEN?

O Tratado de Schengen é um acordo entre países europeus, sobre uma política de abertura de fronteiras e livre circulação de pessoas, entre os países participantes. Os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar nos países da Europa, integrantes do espaço Schengen, quando estiverem se deslocando a turismo e por no máximo noventa dias. Mas obrigatoriamente, devem ter um seguro viagem com cobertura mínima de € 30.000,00, ou o equivalente em dólar.


QUAIS OS RISCOS DE NÃO TER UM SEGURO VIAGEM?

Sem ele, caso surja algum imprevisto, o preço de sua viagem pode sair bem mais caro do que o planejado inicialmente. Então, não cometa o erro de viajar sem um seguro viagem. O investimento é muito baixo em comparação ao tamanho da dor de cabeça que você pode ter, caso algo ruim aconteça.


Agora sim, o checklist está completo, só resta embarcar!!!

Boa viagem e não se esqueçam de me chamar no WhatsApp, para conferir valores de passeios e mais informações!


Links com descontos:

DESCONTO SEGURO VIAGEM

ADQUIRA MEU LIVRO DE SANTIAGO

%d blogueiros gostam disto: