14.4 C
Santiago do Chile
CUSCO

PONTOS TURÍSTICOS DE CUSCO

A antiga capital do império inca, como é conhecida a cidade de Cusco, é com certeza uma das principais cidades históricas do Peru. Cercada por sítios arqueológicos e abundantes em referências culturais, Cusco é cheia de lugares incríveis, os quais você não pode deixar de conhecer! Por isso, neste post vou te contar quais os principais pontos turísticos de Cusco, essa cidade absurdamente surpreendente e encantadora! Vamos lá?

CUSCO

Cusco significa “umbigo do mundo” em quéchua, linguagem indígena local. Atualmente, esta cidade tem mais de 428.000 habitantes e está localizada num ponto chave para quem deseja conhecer os sítios arqueológicos da região. Por isso, a cidade serve como base para os turistas que visitam o Peru. Além disso, Cusco foi a capital do Império Inca, o que faz dessa cidade uma verdadeira herança histórica.

PLAZA DE ARMAS

Antigamente chamada de Wacapayta, a Praça das Armas é considerada o coração de Cusco. Conhecida por ser ponto de encontro diário dos turistas, o local reúne diversas lojas e restaurantes – típicos ou não -, além de ser point de balada da região.

Sobretudo, é nesta praça ou nos seus arredores que estão localizados a maioria dos pontos turísticos da cidade. Dessa forma, a Plaza de Armas com certeza um dos locais mais relevantes de Cusco.

LA COMPAÑIA

Mais conhecida como Igreja de Ouro, devido ao seu interior ser repleto de peças do nobre metal, a Iglesia La Compañia de Jesus é, portanto, um dos mais belos pontos turísticos da cidade.

Esta construção monumental fica localizada na Plaza de Armas e foi construída em 1571. Porém, um terremoto em 1650 destruiu parte da igreja, que precisou ser reformada, e tal reforma se estendeu por quase 40 anos.

CATEDRAL 

Por vezes confundida com a igreja de La Compañia devido à parecida fachada, a Basílica da Virgem de Assunção é a mais imponente igreja do centro de Cusco. Para tanto, a construção demorou quase 100 anos para ser concluída, mas valeu cada minuto!

Assim como por fora, a Catedral também encanta por seu interior, com um acervo de quadros de famosos pintores nativos e estrangeiros. Além disso, a mistura da arte e da religião garantem a esta igreja um visual único e é por isso considerada uma das mais belas catedrais de toda a América Andina.

IGREJA SAN BLÁS

Exemplo da arquitetura barroca e repleta de obras de arte, esta é a igreja mais antiga de Cusco. Apesar de haver divergências sobre sua data exata de construção, acredita-se que a estrutura da Igreja San Blás foi erguida em 1544, durante o período do segundo bispo de Cusco, Fray Juan Solano.

MUSEU INKA

Localizado nos arredores da Plaza de Armas, este museu abriga inúmeros artefatos do império Inca, de artesanatos à múmias. Ademais, o antigo museu da arqueologia, como era conhecido, abrange a história de Cusco desde o início até o século XX.

Além de objetos feitos pelos antigos povos, datados de até 7.000 a.C, o museu apresenta também maquetes de sítios arqueológicos da região, como Moray e Machu Picchu, representações dos biomas encontrados no Peru e de tumbas com múmias verdadeiras, e ainda telas da Escola Cusquenha de pintura. É simplesmente fantástico!

MERCADO CENTRAL DE SAN PEDRO

O local retrata o dia a dia dos moradores da região. Trata-se de um mercado de comércio local, com preços atrativos e bons locais para comer. Lá você vai encontrar todo o tipo de produto: frutas e verduras andícolas, chás, ervas, queijos, artesanatos e lembrancinhas com precinho acessíveis.

Contudo, a parte de carnes ao fundo do mercado pode não ser das mais atrativas, já que o cheiro e o visual do local são pouco convidativos. Mas nada que não possa ser evitado, caso você faça a linha mais sensível, ok?

SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS

A região da cidade de Cusco é cheia de sítios arqueológicos incríveis e que devem fazer parte do seu roteiro de viagem. No City Tour, visitamos os sítios principais e mais próximos do centro histórico, que são:

Qorikancha

Qorikancha é um templo inca da época do império. Historicamente, após a conquista espanhola, uma igreja foi construída no local. Hoje em dia, é possível encontrar nesse monumento as ruínas incas, a igreja e o Convento de São Domingo.

Sacsayhuamán

A gigantesca construção é a mais famosa entre os sítios arqueológicos de Cusco. Além disso, acredita-se que a estrutura de Sacsayhuamán tenha servido tanto para a realização de cerimônias no local quanto como um forte militar. Formada por blocos de granito de até 9 metros de altura, a fortaleza está localizada a 2 km da cidade de Cusco.

Q’enqo

Localizado a 6 km do centro de Cusco, Q’enqo foi um provável templo de adoração inca. Além disso, o local sagrado teria sido escolhido para os rituais de sacrifício e mumificações. Conhecido por seus caminhos em formato de labirintos, outra provável função que o sítio também possuía era uma área destinada à observação astronômica.

Pukapukara

Em quéchua (língua indígena local), Pukapukara quer dizer “vermelho”. O nome foi dado ao sítio pelos nativos, devido à coloração avermelhada, causada nas pedras graças à incidência solar. Localizada a 6 km de Cusco, não há consenso sobre a função dessa fortaleza, embora acredite-se que o local teria servido como alojamento ou área de descanso.

Tambomachay

Construído para ser o local de descanso dos imperadores, Tambomachay é cheio de aquedutos, canais e cascatas, que provavelmente foram usados com função religiosa ligada à terra e à agua. Pesquisadores acreditam que a construção da fortaleza tenha sido feita por volta de 1.500 a.C.

PONTOS TURÍSTICOS NOS ARREDORES DE CUSCO

Toda a região de Cusco é repleta de importantes sítios arqueológicos. Para passear por estes pontos, é imprescindível contratar uma agência de tour e a We Love Chile vai te ajudar nessa missão. Além disso, é relevante dizer que os passeios costumam durar metade de um dia ou o dia todo, no esquema bate-volta, então aproveite o percurso para se encantar com o lugar.

Ah, é importante lembrar que, embora você não precise do Boleto Turístico para passeios no centro da cidade, ele é obrigatório para entrar em determinados sítios da região, então não deixe de providenciá-lo, ok?! Explicamos tudinho sobre o Boleto Turístico aqui, confere lá! 😉

Valle Sagrado dos Incas

Trata-se de um conjunto de sítios arqueológicos, formado por Písac, Urubamba, Ollantaytambo, Maras, Moray e Chinchero. A genialidade inca é a marca registrada desse lugar, afinal, o local é recheado de construções meticulosas, além de toda a beleza advinda da própria natureza da região.

Montanha de 7 Cores

Por vezes chamada de Arco-Íris, a Montanha de Vinicunca é uma verdadeira maravilha geológica. Composta por diferentes minerais, o seu colorido é resultado da oxidação desses elementos. Além da beleza indescritível do lugar, outro ponto positivo é que o passeio dispensa o uso do Boleto Turístico. Contudo, vale lembrar que são 6 km de caminhada e mais de 5.000 metros de altitude (fiquei sem ar só de pensar, haha), então vai exigir esforço físico, prepare-se!

Laguna Humantay

Para chegar até a Laguna Humantay, é preciso caminhar por cerca de uma hora e meia, depois de quatro horas de viagem a partir de Cusco. A Laguna, localizada a quase 4.200 metros de altitude exige um pouco mais dos pulmões. RESPIRA… INSPIRA… NÃO PIRA! Apesar de estar localizado em um local de difícil acesso, é super válido o esforço para admirar um dos lagos mais bonitos do América do Sul, quiçá do mundo. A paisagem é SURREAL de linda.

Salinas de Maras

Maras é uma pequena cidade com um atrativo gigante: as Salinas! Com mais de 400 mil poços de sal, cada um com cerca de 5 metros quadrados, as Salinas de Maras atraem turistas de todo o mundo, encantados pela beleza descomunal do lugar.

Além disso, os habitantes locais conservam a antiga cultura inca de extração de sal, inclusive do sal rosa, famoso por suas possíveis propriedades benéficas à saúde. Portanto, as Salinas de Maras é um lugar que não pode ficar de fora do seu roteiro de viagem em Cusco.

Tipon

Situado a 23 quilômetros de Cusco, Tipon é uma obra prima da engenharia hidráulica inca. Em primeiro lugar, o sítio arqueológico possui um sistema de irrigação próprio, cujo funcionamento baseia-se nos canais em rochas e nos muros de pedras. Além da magnitude tecnológica, o processo de captação de água ainda é útil para a comunidade local atualmente. É pra deixar qualquer engenheiro com o coraçãozinho acelerado, rs.

Machu Picchu

MACHU PICCHU Machu Picchu é o principal ponto turístico da região, sendo considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Não é pra menos: além da sua cenográfica paisagem, Machu Picchu transporta seus visitantes para um passado distante, e nos faz imaginar como era a vida durante o Império Inca.

A cidade perdida, como é conhecida, ficou durante séculos escondida entre as montanhas da região, sendo descoberta somente no ano de 1911. Entretanto, atualmente Machu Picchu recebe cerca de 1,5 milhão de visitantes por ano, em média 4 mil pessoas por dia.

Então, esses foram os principais pontos turísticos de Cusco. Espero que tenham gostado desse post!

Conhece algum deles? Quer conhecer? Conte pra gente nos comentários! besos :*

Related posts

LUGARES PARA FAZER COMPRAS EM CUSCO

Laíse Mesquita

MARAS E MORAY – PASSEIO EM CUSCO

aline santana

TOUR LAGUNA HUMANTAY

camila cardua
%d blogueiros gostam disto: