14.4 C
Santiago do Chile
VALLE DEL ELQUI

VALLE DEL ELQUI – TUDO QUE PRECISA SABER

 

O Vale do Elqui é uma região seca e montanhosa com céus completamente abertos, 300 dias por ano.

Considerado como um “destino imperdível” de 2019, pelo The New York Times, o Valle del Elqui fica localizado na pré-cordilheira da Região de Coquimbo, a cerca de duas horas de La Serena.

Nas suas planícies têm diferentes povoados, rodeados por campos agrícolas. E eu vou citar os principais, para vocês conhecerem em uma viagem de quatro a cinco dias, na famosa Ruta de las Estrellas. São eles: Vicuña, Pisco Elqui, Cochiguaz, e Monte Grande.

Graças a sua posição geográfica privilegiada, longe dos grandes centros urbanos e onde quase não chove ou se veem nuvens, seu céu é considerado um dos mais limpos do mundo. Incrível, não é? Estas características fazem com que todas as noites aconteça um espetáculo natural, tendo como protagonistas a Via Láctea, as constelações e as estrelas cadentes.

Dessa forma, há muito que fazer por lá. Por exemplo, visitar os observatórios astronômicos, conhecer as fábricas de pisco, as vinícolas, fazer trekkings, aulas de yoga, terapias holísticas e tomar banhos de rio.

Em síntese, a rota dos vilarejos do Valle del Elqui é perfeita para entrar em contato e se conectar com as coisas simples da vida. Essa região é encantadora e tem uma energia única!

Então se liga nas nossas dicas, para conhecer esse lugar incrível!!!


COMO CHEGAR AO VALLE DEL ELQUI

Para chegar nessa região desde Santiago, existem duas formas. Primeiramente, deverá ir para La Serena, que de ônibus, a duração da viagem é em média 6h. Ou de avião, onde o trajeto dura aproximadamente 1h.

Da mesma forma, a partir de La Serena existem vários ônibus saindo do terminal rodoviário com destino a essas cidades. A mais próxima é Vicuña, que está a 1h e a mais distante é Pisco Elqui, que totaliza 3h de viagem.

Por outro lado, se não se importa em pegar a estrada, viajar com calma e apreciar belas paisagens, você pode alugar um carro em Santiago e seguir pela Ruta 5, até La Serena, depois pela Ruta 41, até Vicuña. A viagem tem duração de aproximadamente 5h30.

Se deseja ir para Cochiguaz, atenção! No caminho que se bifurca na altura do povoado de Paihuano, dobre a esquerda! Mas se deseja seguir para Pisco Elqui, continue reto.


COMO SE LOCOMOVER PELO VALLE DEL ELQUI

A melhor maneira de conhecer o Valle del Elqui é de carro. Você pode alugar em La Serena e devolvê-lo na volta. Mas se pretende fazer isso, pega essa dica! Pesquise por aluguel de carros no Chile com bastante antecedência para conseguir bons preços. No inverno, cerca de dez dias antes da data programada e no verão, pode dobrar esse prazo, pois a procura aumenta bastante! 🚗

No entanto, se não der para ir de carro, não se preocupe! Você poderá conhecer os povoados que quiser, porque há transporte público saindo de La Serena e conectando todos esses lugares. E quando quiser continuar o passeio, é só caminhar até a rua principal, por onde passa a cada quarenta e cinco minutos o ônibus que percorre o vale de ida e volta, durante o dia. No interior do vale também é comum (e seguro) pedir carona, resta ter paciência e aguardar passar algum veículo. 🚍

Por fim, mais um diquinha, mara! Você pode usar o site local chamado RECORRIDO CL, para pesquisar deslocamentos terrestres, horários de ônibus, valores de passagens e ficar por dentro das distancias entre as cidades e povoados.


QUANDO IR AO VALLE DEL ELQUI

A grande temporada começa no início de Novembro e se estende até meados de Abril. Se você quer realmente ver O CÉU, escolha ir nesse período. Do mesmo modo, é quando o clima está mais ameno, faz mais calor e é possível aproveitar melhor as noites para observar as estrelas. Evite apenas os meses de junho a agosto, quando há um leve aumento das chuvas. 🌧

Por outro lado, se pretende ir no inverno, pode ficar tranquilo. Nesta época, há ainda muito o que fazer também. Por exemplo, visitar as fábricas de vinho, de pisco, de cerveja artesanal, os museus, restaurantes e claro, os observatórios. Ao sair para observações astronômicas, leve sempre um casaco ou um cobertor para se proteger do frio. ❄


VICUÑA

Considerada a capital mundial da astronomia, Vicuña é a principal cidade do Valle del Elqui. Famosa pela arquitetura de adobe, proporciona ao visitante não somente o ar pitoresco de uma vila que parou no tempo, mas também um pouco de história. À primeira vista é pequenininha, mas conta com uma boa infraestrutura.

Definitivamente, fácil de chegar e é um ótimo ponto de apoio para quem pretende percorrer a região.


O QUE FAZER EM VICUÑA:

ASTROTURISMO

A vantagem de estar em Vicuña é a proximidade dos pontos de interesse, como os observatórios. Estas são umas das maiores atrações locais e um dos principais motivos que levam tantos visitantes ao Valle del Elqui. 😍

São doze agências de observação de estrelas, sendo duas científicas. A boa notícia é que nem só os cientistas têm a oportunidade de observar o céu na região. Logo, turistas também podem ter a sensação de alcançar as estrelas, observar o céu em equipamentos profissionais e conhecer mais sobre os fenômenos astronômicos.

Ao longo da Ruta de Las Estrellas, existem vários observatórios astronômicos que são abertos ao público, como o observatório Cerro Tololo e o Mamalluca. Juntamente com o Del Pangue e o Alfa Aldea. Primeiramaente, a visita sempre deve ser agendada e se você fechar o passeio com agências de turismo, elas facilitam o transporte e a entrada no local. Por outro lado, se preferir fazer seu próprio horário, é possível ir por conta própria.

OBSERVATÓRIO CERRO TOLOLO:

Localizado a 50 km de Vicuña e com oito telescópios, esse observatório atrai pela oportunidade de conhecer de perto um observatório profissional. Antes de mais nada, as visitas são diurnas e devem ser agendadas com antecedência, isso porque o observatório só recebe turistas aos sábados em grupos limitados.

OBSERVATÓRIO MAMALLUCA:

Apesar de ser um pouco menor, oferece a maravilhosa experiência do tour noturno, com duas horas de duração, vídeo no planetário, observação a olho nu ou em telescópios de pequeno porte e também em um telescópio com 12 polegadas de diâmetro. 🔭

OBSERVATÓRIO DEL PANGUE:

Além dos observatórios profissionais, o Valle del Elqui conta com o observatório Del Pangue. Seu foco são visitantes já experientes na arte de observar estrelas. Dessa forma, além de simplesmente curtir o céu, rola uma boa conversa para quem já é craque no assunto.

OBSERVATÓRIO ALFA ALDEA:

Outra opção excelente é o observatório Alfa Aldea. O lugar funciona como uma casa de amigos, onde a observação é feita em pequenos telescópios no jardim. Em suma, a linguagem é simples e não será necessário nenhum conhecimento técnico para curtir o céu.

Em síntese, no Valle del Elqui não importa se você esta em um local especializado na observação astronômica. Basta olhar para o céu ao anoitecer para “alcançar as estrelas”, independente de ter um telescópio ou não. Não se esqueça de levar um bom vinho e um cobertor! (Isso sim que não pode faltar! hahaha)

VISITA AO MUSEU GABRIELA MISTRAL

Localizada no centro de Vicuña, a casa da poetisa e Nobel da Literatura Gabriela Mistral, que hoje é um belo museu, guarda seus manuscritos originais e vários objetos pessoais.

Gabriela Mistral cresceu no pequeno povoado de Monte Grande e aos seis anos fez seu primeiro poema. Foi poeta, escritora, educadora e diplomata. Em 1951, recebeu o Prêmio Nacional de Literatura do Chile. Bem como, em 1945 foi a primeira ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura da América Latina. Tornou-se franciscana e ao fim da sua vida, doou todos seus bens e direitos autorais de suas obras, para as crianças de seu povoado.


ONDE COMER EM VICUÑA

Devido ao clima árido, o Valle del Elqui fornece uma ampla variedade de frutas, vegetais, ervas, sementes e muito mais. 🥑🌾

Entre os pratos típicos estão a alpaca (um mamífero sul-americano que lembra a lhama) assada na lenha; o chuño, que é uma sopa feita de carne de alpaca, batata, cebola, trigo e outros vegetais; e o doce chumbeque, que é feito de farinha, manteiga, geleia de laranja e outras frutas.

https://abrilboaforma.files.wordpress.com/2016/09/passos-salada-perfeita_0.jpg?resize=934%2C654

Aqui temos um post tooodo dedicado aos melhores restaurantes no Valle del Elqui. Clique aqui para conferir!

De antemão, há também um ótimo espaço para os vegetarianos e veganos. O Eco Truly, um templo Hare Krishna que oferece um menu típico vegetariano com um toque indiano, a um preço bem acessível. Para ficar ainda melhor, o local tem um mirador com vista incrível para a cordilheira. Além de um templo, para aqueles que desejam fazer uma pausa e se reconectar consigo mesmo.


ONDE SE HOSPEDAR EM VICUÑA

Antes de mais nada, já aviso que no Vale não existem hotéis suuuper chiques, mas garanto que são bem charmosos, confortáveis, perfeitos para descansar e ter contato com a natureza. É comum encontrar hotéis que funcionam também como SPA e centros de meditação. Uma delícia para quem busca conforto, sossego e descanso, longe da agitação das grandes cidades.

Se preza pelo conforto e não se importa em pagar mais caro por isso, vale conferir o Terra Hotel & Spa e o Rucka Inn, com diárias a partir de R$ 470,00. Por outro lado, se não abre mão de um pouco de conforto, mas prefere escolher algo mais em conta, seguem nossas opções: Bed&Breakafst, Elquiterra ou a Casa Ollagua, com diárias a partir de R$ 250,00. Mas se o seu foco é pagar baratinho, sugerimos o Hostal Michel ou o Hostal Luz del Valle, ótimas opções mais em conta, com diárias a partir de R$ 140,00.🏡 🛁

Logo, se você planeja visitar o Valle del Elqui no Verão, faça todas as suas reservas com antecedência, já que nesta época a cidade costuma ficar lotada.


PISCO ELQUI

Não, não estou falando da bebida… ainda, kkkk. Pisco Elqui, é o povoado mais “famosinho” e visitado do Vale, talvez pelo seu próprio nome remeter à famosa bebida.

Essa seria uma opção rápida e mais em conta, para quem está visitando Santiago e dispõe de um tempo extra para explorar mais as terras chilenas e se encantar com o norte do país – que oferece além das paisagens maravilhosas uma energia diferente e única. Com certeza, vale a pena conhecer!

Igualmente, é daqui que partem os passeios, expedições e onde estão localizados quase todos os restaurantes, campings e alojamentos da região.


O QUE FAZER EM PISCO ELQUI:

Primeiramente, você  pode visitar a Capela de Nossa Senhora do Rosário, uma igreja linda, construída no começo do século XX. Localizada ao lado da praça, que é o ponto de encontro da vida social da cidade e onde todas as noites têm apresentações com música ao vivo ou algum número artístico, reunindo os vizinhos, turistas e artesãos. ⛪

Toda essa região oferece rotas para os amantes de trekking, mas também é possível fazer passeios sobre duas rodas. Existem várias agências de viagens que alugam bicicletas e oferecem diversos pacotes incluindo parte do tour de carro e a outra de bicicleta, diferente, né? Super top!  🚴‍ 🚵‍

No centro da vila estão vários restaurantes e bares para a diversão noturna. Logo, se ainda tem pique para estender a noite, anota aí essas duas opções: Discotheque Topsy, aberta aos fins de semana ou o Rancho Rodríguez, um camping que organiza festas todas as noites de verão.

PROVE BEBIDAS LOCAIS:

PISCO 🍸

O Valle del Elqui é um grande produtor de Pisco. Um tipo de aguardente feito à base de uvas e muito popular no Chile e Peru, que inclusive, disputam qual dos dois países criou o pisco e quem é o detentor do nome oficial. Na sua opnião, quem foi?

Contudo, se você deseja conhecer mais sobre a produção, visitar as plantações e degustar a bebida, poderá fazer um tour completo a uma pisqueira. Entre as propriedades abertas à visitação estão às produtoras do Pisco Mistral e do Pisco Aba. Bem como, a Cooperativa Pisco Capel, uma das maiores produtoras de pisco da região, que iniciou-se em 1938. Lá, é possível visitar o Museu do Pisco e entender um pouco mais sobre essa disputa entre o Peru e o Chile. Ao final, não deixe de degustar um pouco de pisco. E se gostar, poderá trazer uma (ou várias, kkk) garrafas para o Brasil.

VINHO 🍷

Se prefere não fugir do tradicional, vá a uma vinícola em meio à paisagem da Cordilheira dos Andes. Afinal, como resistir aos vinhos chilenos? Apesar de não estar entre as regiões com maior produção no país, o Valle del Elqui reserva algumas surpresas realmente deliciosas no quesito vinhos! Como a Viñedos de Alcohuaz, a mais alta vinícola do Chile, localizada a 2.200m do nível do mar, à beira da Cordilheira dos Andes. Além do visual inacreditável da vinícola, os visitantes poderão saborear direto dos barris, alguns dos melhores vinhos locais. Vale conferir também a Cavas del Valle, outra vinícola que recebe os visitantes para tours guiados.

CERVEJA 🍻

Mas se pisco e vinho não agradam o seu paladar, que tal uma cervejinha gelada? Se gostou da ideia, não deixe de visitar a cervejaria artesanal Guayacan. É possível percorrer suas instalações, aprender um pouco mais sobre o processo de produção artesanal e ainda experimentar vários rótulos. Assim como o pisco e o vinho, você também pode levar algumas garrafas para casa. De longe, a melhor parte! kkkk.

https://i1.wp.com/cdn.shopify.com/s/files/1/0116/1438/8281/files/cajaMixta_1400x.jpg?resize=654%2C654&ssl=1

RELAXE

COM UM DIA NO SPA OU MEDITANDO 💆‍🧘‍

O Valle del Elqui é um lugar para esquecer os problemas e descansar bastante. E para isso, nada melhor que um bom SPA. O verde que toma conta do Vale e a boa energia presente na região, são um convite a dias de relaxamento. Definitivamente, você merece aproveitar um dia inteirinho curtindo massagens terapêuticas e relaxantes, refeições desintoxicantes e até um delicioso banho de piscina em meio aos vinhedos.

Alguns spas unem a experiência de relaxamento à hospedagem e você poderá curtir ainda mais esses dias mágicos. Dessa forma, escolha o tratamento que melhor cabe no seu bolso. Os valores começam a partir de R$ 70,00 e podem chegar até R$ 300,00, com direito a um dia inteirinho relaxando! Se dê de presente este momento maravilhoso e aproveite o Valle del Elqui para isso.

De acordo com os moradores do Valle del Elqui, o lugar é especial pela grande concentração de energia. Aproveite para se recarregar, experimentando alguns dos clubes de meditação da região, aulas de yoga e várias outras atividades ligadas à meditação, espiritualidade e terapias holísticas.

PRATIQUE ESPORTES:

Se você prefere um pouco mais de agito, a geografia do Valle del Elqui ajuda bastante na diversão e prática de esportes. É possível praticar cavalgadas, trekking, mountain bike, rafting e até investir em alguns trajetos mais radicais de jeep. 🏇 🧗‍

Agências de turismo oferecem os passeios principalmente nas cidades de La Serena, Vicuña e em Pisco Elqui. Escolha seu esporte favorito e aproveite para voltar renovado, depois de curtir a paisagem do Vale no alto da Cordilheira dos Andes.

hiking backpacks on grass with mountains background

ONDE COMER EM PISCO ELQUI:

Há uma grande variedade de restaurantes que servem comida chilena e internacional, bares, cafeterias, carrinhos de sanduíches e sucos, para todos os gostos. 🥤 🌭

Aqui temos um post tooodo dedicado aos melhores restaurantes no Valle del Elqui. Clique aqui  para conferir! 

ONDE SE HOSPEDAR  EM PISCO ELQUI:

Praticamente todas as hospedagens de Pisco Elqui, tem piscina e vista para o horizonte. Em média, uma noite em um Hotel como o El Milagro, custa em torno de R$ 350,00 para duas pessoas. Já as pousadas que ficam em meio à natureza, um pouco mais afastadas do povoado, custarão entre R$ 100,00 a R$ 200,00 – por noite e em quarto duplo. Mais em conta, hein? kkkk.

Se prefere curtir toda e estrutura que o hotel tem a oferecer, além de hospedagem, restaurante, tours, esportes de aventura, tratamentos relaxantes e estéticos, uma boa opção é o Refugio el Molle, onde preocupações passam longe. A meta é relaxar!

Ao contrário de Vicuña, Pisco Elqui possui pouquíssimos hostels, mas ótimas opções de pousadas, cabanas e hotéis como o Cabañas Elquimista, Aldea del Valle – Elqui Villas, Elqui Domos e o Casona Eco lodge,com diárias entre R$ 500,00 e R$ 1.000.

A opção para os mochileiros fica por conta do Valle Utopía Hostel, com diárias para uma pessoa, em quarto compartilhado, a partir de R$ 150,00.


COCHIGUAZ

Está vilinha charmosa está localizada perto de Pisco Elqui. Entre montes e rios, Colchiguaz é um atrativo privilegiado para quem desfruta da meditação e da reflexão, em meio a uma maravilhosa paisagem. Perfeito para quem gosta de estar em contato com a natureza. ⛰


O QUE FAZER EM COLCHIGUAZ:

Se você é daqueles que não dispensa uma viagem com emoção, que tal se arriscar em um trekking? Existem trilhas de algumas horas, como a subida ao topo do Cerro Chifute ou de alguns dias, como é o caso da Laguna el Cepo, localizado a mais de três 3.000m sobre o nível do mar. É um pequeno santuário natural, rodeado por montanhas.

Devido a toda essa região estar em uma altura de quase 1.500m sobre o nível do mar e também graças à falta de poluição, todas as noites o céu derruba sobre as cabeças dos moradores um mar de estrelas.  ⭐🌙

Se você tem disposição, esse é o seu lugar! \o/


ONDE SE HOSPEDAR EM COLCHIGUAZ :

Em Cochiguaz, as opções de hospedagem são mais escassas. Mas se quer passar a noite por aqui, você pode se hospedar em campings, pagando um precinho bem em conta por noite. 🏕


MONTE GRANDE

Vizinha de Vicuña, a 30 quilômetros de distância, Monte Grande foi o berço da escritora Gabriela Mistral e onde seus restos mortais estão enterrados atualmente. A arquitetura é semelhante à cidade vizinha, com casas de adobes e o ar de que o tempo parou. Aqui, toda a harmonia da natureza está sincronizada sem pressa para nada, apenas para contemplar as paisagens naturais.

ONDE SE HOSPEDAR EM MONTE GRANDE:

Por ter uma estrutura bem menor, vou recomendar a hospedagem apenas em Vicuña e Pisco Elqui, ok? Colchiguaz e Monte Grande, indico apenas a visita ao longo do dia.


DICAS EXTRAS

E só para não perder o costume, vou deixar aqui aquelas diquinhas básicas, para você programar a sua viagem da melhor maneira possível:

  • O clima é uma variação entre o clima desértico e mediterrâneo. A temperatura anual é de 13°C;
  • O comércio nas zonas rurais abre durante todo o dia. Mas fecha das 13h às 15h;
  • Não é possível encontrar caixas eletrônicos com facilidade no Valle del Elqui. Por isso, faça o câmbio ainda em Santiago ou em La Serena;
  • Cartões de crédito são aceitos em grandes estabelecimentos. Mas não em todos os passeios e pequenos restaurantes. Dessa forma, tenha sempre um pouco de dinheiro em espécie, para não passar aperto;
  • A região do Valle del Elqui é bastante segura para o turismo. No entanto, durante o verão fique mais atento aos seus pertences, pois pode haver furtos;
  • Não existem grandes supermercados na cidade, apenas pequenos armazéns;
  • Todos os estabelecimentos da cidade alugam bicicletas. Confira o estado da sua antes de alugar. Muitas vezes, elas estão em condições precárias;
  • No Chile, se você paga o hotel em dólar, ficará isento do imposto local de 19%;
  • Não polua o meio ambiente. Cuidar da natureza é responsabilidade de todos. Evite multas.
woman sitting on sand

Espero que tenham gostado desse pequeno grande resumo, kkkk. Um pouquinho de informação sobre itens que considero essenciais para se planejar uma viagem tranquila e bem organizada! 

Ahh, só mais uma coisinha importante! As informações descritas neste post podem mudar. Por exemplo, preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consulte através de sites oficiais, redes sociais ou telefones, sempre antes de ir, ok?

Agooora sim! Boa viagem e não se esqueça de me chamar no Whats, para valores de passeios, solicitar meu portfólio do Chile ou mais informações! WhatsApp. Um beeeeijo e boa viagem!!


DESCONTO SEGURO VIAGEM

DESCONTO AIRBNB

ADQUIRA MEU LIVRO DE SANTIAGO

Related posts

10 RESTAURANTES NO VALLE DEL ELQUI

lua maria

VALLE DEL ELQUI – 15 PERGUNTAS FREQUENTES

lua maria

PASSEIOS NO VALLE DEL ELQUI

lua maria
%d blogueiros gostam disto: