14.4 C
Santiago do Chile
BUENOS AIRES

PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS DE BUENOS AIRES

Viajar é a oportunidade de conhecer a tradição e a cultura de um lugar completamente novo. Mas antes, é sempre bom pesquisar alguns pontos legais para se conhecer enquanto estiver fora, facilitando sua programação e trajeto no novo destino. E para quem está viajando pela primeira vez ou retornando à capital da Argentina, vamos listar aqui, alguns pontos turísticos imperdíveis em Buenos Aires.

Aproveite as nossas dicas para montar o seu roteiro personalizado. Aliás, se não der tempo fazer tudo, não tem nenhum problema deixar alguns pontos turísticos de fora da sua programação. Afinal, porque não voltar a Buenos Aires outras vezes? Vamos nessa!


PLAZA DE MAYO

Além de ser palco de protestos políticos até hoje, a Plaza de Mayo ou Praça de Maio, é a praça mais antiga da cidade e o centro histórico da capital argentina. Cercada por diversos edifícios históricos e governamentais, há anos se converteu em um palco de manifestações políticas. Da mesma forma, o local também serve de ponto de encontro para mães que reivindicam o desaparecimento de seus filhos, durante o processo militar.

Ao mesmo tempo, ao redor da praça ficam outros pontos turísticos de Buenos Aires, como a Casa Rosada e a Catedral Metropolitana. A primeira é sede do Poder Executivo argentino. Já a segunda, foi onde o Papa Francisco atuou como Arcebispo.

Por isso, a Plaza de Mayo está entre os mais importantes pontos turísticos de Buenos Aires. Ela homenageia a Revolução de Maio e marca a primeira revolta da América do Sul a ter êxito na luta por independência das monarquias europeias.

  • Endereço: Av. Rivadavia 400, Microcentro, Buenos Aires.

CONGRESSO DA NAÇÃO ARGENTINA

 A Praça de Maio é repleta de possíveis passeios para sua viagem. Por exemplo, o Congresso da Nação Argentina, que representa o Poder Legislativo do país. É nele que os deputados e senadores trabalham. Inclusive, é considerado o segundo maior edifício parlamentar do mundo, composto por mais de 70 senadores e 250 deputados.

Além da importância política, é um dos mais belos pontos turísticos de Buenos Aires, pois a arquitetura é bem detalhada.

Por fim, se você é daqueles visitantes que não abre mão de um tour completo, é possível fazer uma visita guiada gratuita ao Congresso. Além dos plenários, a visita passa por outras salas do Congresso, como o hall de entrada, a biblioteca e o local onde são realizados velórios de presidentes e ex-presidentes.

Ademais, não é necessário fazer reserva. É só chegar 15 minutos antes e dirigir-se a entrada da Avenida Rivadavia, 1849, com documento de identidade ou passaporte. Para mais informações, acesse o site.

Dica: Mesmo que a visita ao prédio do Congresso não te interesse, a vista da região é uma das mais bonitas da cidade. Vale a visita!

  • Endereço: Avenida Rivadavia, 1849.
  • Horários: Segunda a sábado, às 11h, 13h, 15h e 17h.

CASA ROSADA

A Casa Rosada é um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Possui fama internacional, por ter sido palco de importantes manifestações políticas e também artísticas. Localizada na Plaza de Mayo, oferece visitas guiadas e também gratuitas, mas que devem ser agendadas com pelo menos 15 dias de antecedência, diretamente no site da Casa Rosada.

Dessa forma, se pensa em incluir a Casa Rosada no seu roteiro, dá uma olhadinha no nosso post sobre 15 Locais para conhecer de graça em Buenos Aires, que está bem completo e cheio de novas informações!

  • Endereço: Calle Balcarce, 50.
  • Horário: As visitas são aos sábados, domingos e feriados, das 10:00h às 18:00h. E podem ser canceladas ou alteradas por razões de agenda.
  • Como chegar: Metrô – Linha A: estação Plaza de Mayo; Linha B: estação Leandro N. Além; Linha D: estação Catedral; Ônibus: 2, 4, 6, 20, 22, 24, 28, 29, 33, 50, 56, 61, 62, 64, 74, 91, 93, 99, 105, 109, 111, 126, 130, 140, 142, 143, 146, 152.

CAFÉ TORTONI

Para quem ama café, arte e cultura, o Cafe Tortoni é parada obrigatória. Localizado perto da Casa Rosada, é considerado um dos cafés mais antigos da cidade e hoje é um dos principais pontos turísticos em Buenos Aires.

Embora não seja cobrado um valor na entrada, quem quiser assistir aos shows ou espetáculos de tango, precisará desembolsar alguns pesos. Ah, para vocês terem noção, esse local é tão disputado que é comum haver fila de espera para entrar. Então, já fica a dica. Tenham paciência! hahahah.

Dica: Caso não queira gastar por lá, chegue cedo, curta o local e a decoração e tire muitas fotos! 📸

  • Endereço: Avenida de Mayo 825, Buenos Aires.
  • Horários: Diariamente, das 8h à 1:00h.
  • Como chegar – Ônibus: 9, 10, 17, 45, 56, 59, 64, 67, 70, 86, 91, 100, 105; Metrô: Linha A (estação Piedras).

ESTÁDIO LA BOMBONERA

Inaugurado em 1940, hoje com capacidade para 49 mil torcedores, La Bombonera é o estádio de futebol do Boca Juniors, um dos principais times argentinos. E você sabe a razão desse nome? Simplesmente porque o seu formato lembra o de uma caixa de bombom.

Aos amantes do futebol, é hora de deixar a rivalidade de lado e incluir no seu roteiro de viagem uma visita ao estádio La Bombonera. Mas se você não é apaixonado pelo esporte, ainda assim, sugiro arriscar a visita. Com certeza, vai te surpreender! ⚽

Outro detalhe bem interessante, é a acústica das arquibancadas, que faz com que o barulho dos torcedores fique ainda mais alto, animando ainda mais a torcida e os jogadores do Boca.

Outro ponto turístico de Buenos Aires é o Museu da Paixão Boquense, que fica no mesmo local do estádio. Por fim, existe a possibilidade de visitas guiadas no campo e até no vestiário dos jogadores. Você pode consultar horários e preços das visitas no site oficial do museu. Mas atenção! As visitas são suspensas nos dias de jogos.

Além disso, você pode aproveitar que já esta no Bairro de La Boca e estender à visita ao colorido Caminito.

  • Endereço: Calle Brandsen, 805, La Boca.
  • Horário: Diariamente, das 10h às 18h.
  • Preço: Acesso ao museu + tour AR$ 570,00.
  • Como chegar – Ônibus: 10, 20, 22, 24, 25, 29, 33, 39, 46, 53, 54, 64, 70, 74, 86, 93, 102, 129, 130, 152, 159, 168.

EL CAMINITO

O El Caminito fica localizado no bairro de La Boca, pertinho do Estádio La Bombonera. É um destino clássico entre os turistas e pode ser percorrido a pé, sem ter que pagar por isso. Com suas casinhas coloridas e ruelas animadas ideais para tirar fotos, é comum encontrar diversos artistas de rua que se apresentam por ali. Portanto, não se assuste se cruzar com um belo show de tango ao ar livre. Aproveite!

El Caminito também é muito procurado, por ser um bom lugar para comprar souvenirs em Buenos Aires.

Certamente, esse é mais um lugar incrível, que consta no nosso post sobre 15 locais para conhecer de graça em Buenos Aires. Clica aqui, para saber mais!

  • Como chegar De ônibus: 29, 33, 64, 53, 152.

OBELISCO BUENOS AIRES

Localizado na região central da cidade, o Obelisco é aquele lugar icônico. Parada obrigatória, já que é praticamente impossível não se deparar com ele em algum momento da viagem.

O Obelisco foi construído com a finalidade de comemorar os 400 anos de Buenos Aires. Até a escolha do local foi estratégica, pois fica onde antes era localizada uma igreja. Mas não é qualquer igreja, é aquela aonde a bandeira da Argentina foi hasteada pela primeira vez. Se tornando uma importante referência histórica e geográfica da capital da Argentina. 🇦🇷

  • Endereço: Av. 9 de Julio s/n.
  • Horário: De Segunda a sábado, das 8h às 18h.
  • Como chegar – Ônibus: 100B, 100C, 24A, 39C, 67B; Metrô: Linha B estação Carlos Pellegrini / Linha C estação Diagonal Norte / Linha D estação de 9 de Julho.

JARDIM JAPONÊS

Dos parques de Palermo, o Jardim Japonês é, provavelmente, um dos mais visitados pelos turistas. O que é compreensível, afinal, esse refúgio da cultura oriental é super bem cuidado e administrado pela Fundação Cultural Japonesa da Argentina.

São vários lagos com peixes e plantas lindas, proporcionando um ambiente super legal para tirar fotos ou simplesmente relaxar. De certo, é também uma boa opção para crianças, que podem se divertir, dando comida aos peixinhos.

E se o nome já te remeteu a alguma gastronomia… siiiim! No Jardim Japonês, há também restaurantes para quem curte a culinária japonesa. 🐟 🍣

Por fim, já que estará a poucos metros de distância, aproveite para visitar outros pontos turísticos de Buenos Aires, como o Jardim Botânico, o el Rosedal, os Bosques de Palermo e o Museu Malba.

  • Endereço: Avenida Figueroa Alcorta e Avenida Casares, Palermo.
  • Horário: Diariamente 10h às 18h.
  • Ingresso: $ 200 ARS.
  • Como chegar – Ônibus: 15, 37, 59, 60, 67, 93, 95, 102, 108, 118, 128, 130, 141, 160 e 188; Metrô – Linha de D: Estação Scalabrini Ortiz.

JARDIM BOTÂNICO DE BUENOS AIRES

O Jardim Botânico foi inaugurado em 1898 e declarado Patrimônio Histórico Nacional. Com mais de 5.500 espécies de árvores e plantas nativas de diferentes regiões do mundo, além de possuir  uma notável coleção de fontes e esculturas. Com toda certeza, proporcionando mais um passeio imperdível em Buenos Aires!

São três jardins, sendo um francês, outro romano e um oriental, cinco estufas, um herbário, uma biblioteca especializada em botânica e jardinagem, várias esculturas e muito mais opções. Além disso, lá funciona também a Escola de Jardinagem do Governo da Cidade. Enfim, um passeio ideal para adultos e crianças.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/e7/Jard%C3%ADn_Bot%C3%A1nico_Buenos_Aires_Invernadero.jpg

Portanto, se você quiser descansar um pouco ou apenas fugir do agito do centro, visite o Jardim Botânico!

  • Endereço: O Jardim Botânico está localizado no bairro de Palermo e tem três entradas, são elas:
    1- Av. Santa Fe, 3951;
    2- Av. Las Heras e Av. Santa Fe;
    3- Rua República Árabe da Síria e Rua Beruti.
  • Horário: Quarta a sexta-feira, das 8h às 18h45; sábado e domingo, das 9h30 às 18h45. Obs: no inverno, o horário reduz para 17:45h.
  • Ingresso: Entrada gratuita.
  • Como chegar – Ônibus: 10, 12, 15, 21, 29, 34, 39, 41, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 111, 118, 128, 141, 151, 152, 160, 161, 188 e 194; Metro: Estação Plaza Italia (Linha D); Trem: Estação Palermo (Trem San Martín).

ROSEDAL DE PALERMO

Criado em 1914, sem dúvidas, o Rosedal de Palermo esta entre os pontos turísticos imperdíveis em Buenos Aires. Este parque preserva milhares de roseiras, abrigando cerca de 100 espécies diferentes. Um passeio para apreciar as cores e aromas, tudo ao ar livre. Além disso, também é possível encontrar o Jardim dos Poetas, decorado com 26 bustos de escritores argentinos e estrangeiros.

O jardim de rosas é um espaço público gratuito que recebe aos finais semana milhares de pessoas para a prática de esportes, caminhadas em família ou apenas sair com os amigos. O Rosedal foi declarado Patrimônio Cultural da Cidade.

Esse é mais um ponto turístico, que está no nosso post sobre 15 locais para conhecer de graça em Buenos Aires. Clica aqui, para saber mais!

  • Como chegar: Ônibus: 12, 15, 29, 36, 37, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 102, 108, 111, 118, 124, 128, 130, 152, 160, 161, 166, 188; Metrô – Linha D: Estação Plaza Italia.

SHOW DE TANGO

Impossível escrever um texto sobre as atrações turísticas de Buenos Aires e não mencionar os shows de tango. Para quem visita Buenos Aires pela primeira vez, é imprescindível separar um tempinho, para conferir ao menos um show.

O tango é patrimônio argentino e por isso mesmo, uma grande atração turística. São diversas casas de espetáculo e restaurantes que realizam shows diários, com direito a jantar de gala e até camarote vip. Desse modo, recomendamos que consulte os sites oficiais, para encontrar a que mais agrada seu gosto e, claro, seu bolso! kkkk.

Por outro lado, este programa pode custar caro, espantando quem viaja com baixo orçamento. Mas não há porque desanimar. Porque em qualquer bairro e região da capital argentina, especialmente nas mais movimentadas, como Caminito e Rua Florida, é possível admirar a dança coreografada por artistas de rua.


PUERTO MADERO

A região pode ser percorrida a pé, por quem quer conhecer um cenário cheio de traços mais recentes da história de Buenos Aires. Reformado recentemente, o Puerto Madero ganhou um ar mais sofisticado unindo prédios comerciais, hotéis de luxo e até um cassino flutuante.

Dessa maneira, se estiver por lá, aproveite os restaurantes, bares e baladas que o bairro abriga, a linda vista do seu calçadão e da Puente de la Mujer, um dos cartões-postais da cidade.

Então, se quer conhecer um pouquinho mais desse e de outros pontos turísticos de Buenos Aires, confere o nosso post sobre 15 Locais para conhecer de graça em Buenos Aires.

  • Endereço: Puerto Madero.
  • Como chegar: Ônibus: 111A, 111D, 130A, 146A, 93C; Metrô – Linha A – Estação Plaza de Mayo; Linha B: Estação Leandro N. Alem.

PUNTE DE LA MUJER

Localizada em Puerto Madero, o mais novo bairro de Buenos Aires, está a Puente de la Mujer. Inaugurada em 2001, possui um design bem moderno e foi inspirada em um casal dançando tango.

Se tornou um dos cartões postais da cidade, sendo bastante procurada por turistas para tirar fotos ou passear. E para deixar seu passeio ainda mais agradável, aproveite para almoçar ou jantar em um dos restaurantes nas proximidades.

  • Endereço: Puerto Madero.
  • Como chegar: Ônibus: 111A, 111D, 130A, 146A, 93C; Metrô – Linha A – Estação Plaza de Mayo; Linha B: Estação Leandro N. Alem.

MALBA

Quem curte museus estará muito bem servido em Buenos Aires. Dentre os mais visitados, esta o Museu de Arte Latino-Americana – o Malba.

Ao todo, são mais de 170 obras de artistas renomados, como os brasileiros Cândido Portinari e Tarsila do Amaral. Do mesmo modo, é lá que está localizada a coleção particular de Eduardo Constantini, fundador do local. Outros grandes artistas, como Diego Rivera, Frida Kahlo, Fernando Botero e Antonio Berni, também têm suas obras expostas.

Por isso, o Malba é uma dos grandes pontos turísticos de Buenos Aires. Entretanto, divide opiniões de quem já passou por lá. E para saber se você irá gostar ou não, a melhor maneira é visitá-lo.

  • Endereço: Avenida Figueroa Alcorta, 3415, Palermo.
    Horários: Quinta a segunda-feira e feriados das 12h às 20h. Quarta-feira até 21h. Fechado às terças-feiras.
  • Entrada: $ 280 ARS. Estudantes, professores e aposentados pagam meia. Às quartas: entrada geral $ 140 ARS.
  • Como chegar – Ônibus: 10, 37, 38, 41, 59, 60, 67, 92, 93, 95, 102, 108, 110, 118, 124, 128 e 130.

TIGRE

Este passeio foge da capital, mas ainda assim é considerado um ponto turístico de Buenos Aires. A simpática cidade de Tigre está localizada a 30 km da capital Argentina. É acessível por barco (Puerto Madero), ônibus (Retiro) ou trem (Estação Retiro). Seja como for, você pode ir tanto por conta própria, como contratando uma agência para fazer a visitação guiada.

Chegando a Tigre, você pode conhecer a Feira de Frutos, o cassino Trilenium ou fazer um lindo passeio de barco ao longo do Rio Tigre e suas ilhas fluviais, onde há várias casinhas. Com toda a certeza, este passeio é uma ótima oportunidade para relaxar e apreciar a paisagem. Assim como observar o contraste entre Tigre e o cenário urbano de Buenos Aires.


LA PLATA

A 70 km de Buenos Aires, La Plata tem arquitetura diferenciada. Entre suas atrações mais conhecidas, estão o Museu de Ciências Naturais e a República de los Niños, que segundo contam, serviu como fonte de inspiração para Walt Disney estruturar a Disneylândia. Será?! 🤔

Novamente, você pode optar pela visita por conta própria, saindo de ônibus ou trem. Mas se quiser mais comodidade, pode fechar com agências de turismo que vendem este passeio.

  • Como chegar? Ônibus: A empresa Plaza faz o transporte, saindo direto de Buenos Aires. Consulte as opções de dias e horários no site; De trem: Os trens partem a partir da Constituição e chegam à estação ferroviária de La Plata.

Apesar de estes serem os principais pontos turísticos em Buenos Aires, a capital argentina oferece ainda dezenas de outras atrações pagas ou gratuitas. Então, não deixe de ler também o nosso post sobre os 15 Locais para conhecer de graça em Buenos Aires, para acrescentar ainda mais opções ao seu roteiro.

E claro, se você tiver outras dicas de pontos turísticos em Buenos Aires, conta para gente nos comentários e ajude outros leitores a montarem um roteiro incrível!

NÃO ESQUEÇAM DO SEGURO VIAGEM!

Uma dica importantíssima a todos que estão planejando viajar para fora do Brasil. Independente da distância ou motivo da sua viagem, o seguro é imprescindível. Afinal, imprevistos acontecem. E para evitar qualquer perrengue, a melhor saída é se prevenir, concordam?

O que muitas pessoas não sabem é que ele não é caro. Leia o nosso post Seguro viagem – dúvidas frequentes, com tudo o que você precisa saber sobre o assunto.


Tem mais alguma dica sobre passeios grátis em Buenos Aires? Conte para gente nos comentários e ajude outros leitores a economizar!

Ahh, só mais uma coisinha importante! As informações descritas neste post podem mudar. Por exemplo, preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consulte através de sites oficiais, redes sociais ou telefones, sempre antes de ir, ok?

Agooora sim! Boa viagem e não se esqueça de me chamar no WhatsApp, para valores de passeios ou mais informações!


Leiam também:

15 Locais para conhecer de graça em Buenos Aires

Links com descontos:

DESCONTO SEGURO VIAGEM 

AIRBNB

Related posts

MUSEUS NADA COMUNS EM BUENOS AIRES

bella sefisa

BUENOS AIRES: PRIMEIROS PASSOS

fernanda dimonna

MELHORES BALADAS DE BUENOS AIRES

Laíse Mesquita
%d blogueiros gostam disto: