19.4 C
Santiago do Chile
BUENOS AIRES

15 LOCAIS PARA CONHECER DE GRAÇA EM BUENOS AIRES

Buenos Aires, na Argentina, é um destino querido dos brasileiros por muitos motivos. Basta mencionar que esta é a mais europeia das cidades sul-americanas e que ali é possível vivenciar roteiros fascinantes e que podem ficar ainda mais interessantes se o viajantes aproveitarem nossas dicas sobre os 15 locais para se conhecer de graça nesta incrível cidade.

Em Buenos Aires, a grande maioria dos pontos turísticos tem entrada franca, do mesmo modo, vários locais que serão citados neste texto, oferecem visitas guiadas de forma gratuita. Assim, essa é uma excelente oportunidade para conhecer mais detalhes sobre as obras e a história da capital portenha, gastando muito pouco. Vamos nessa!?

Mural Frida Kahlo em Palermo, Buenos Aires

1 – CASA ROSADA

A Casa Rosada é a sede da presidência da República Argentina, sendo considerada também um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Possui fama internacional por ter sido palco de importantes manifestações políticas e também artísticas. Por exemplo, algumas cenas dos filmes A História Oficiale Evita“, foram gravadas na praça e nas sacadas do palácio. E o melhor de tudo é que vocês podem conhecê-la de forma gratuita!

Localizada na Plaza de Mayo, centro histórico de Buenos Aires, a Casa Rosada oferece visitas guiadas e também gratuitas, aos sábados, das 10h às 18h. Mas atenção! As visitas devem ser agendadas com pelo menos 15 dias de antecedência diretamente pelo site oficial. Por fim, os visitantes devem chegar com 20min de antes do tempo da visita pela entrada da rua Balcarce 50, portando um documento de identidade e a confirmação do agendamento.

O passeio é bastante interessante e permite conhecer os salões internos do edifício, que são muito bem decorados. Ao mesmo tempo, anexado à Casa Rosada, estão os museus Casa do Governo, com material relacionado aos presidentes do país e o Museu Bicentenário.

Esta é a primeira das inúmeras opções de lugares grátis que vocês terão em Buenos Aires. Se a visita já era certa, sendo gratuita então, melhor ainda, não é?! Já pode incluir no roteiro! 😉

Endereço: Calle Balcarce, 50.

Horário de funcionamento: As visitas são aos sábados, domingos e feriados, das 10:00h às 18:00h. E podem ser canceladas ou alteradas por razões de agenda.

Como chegar:  De ônibus – 2, 4, 6, 20, 22, 24, 28, 29, 33, 50, 56, 61, 62, 64, 74, dentre outros; De Metrô – Linha A: estação Plaza de Mayo; Linha B: estação Leandro N. Além; Linha D: estação Catedral.


2 – EL CAMINITO

Na área onde hoje está El Caminito, passava a linha do trem que anos depois de ser abandonada foi restaurada por um grupo de moradores dentre os quais estava o famoso pintor Boca Quinquela. Posteriormente, Caminito foi transformado em um museu a céu aberto.

As casas na área do Caminito são também conhecidas como Conventillos“. Típicas dos imigrantes italianos, eram pintadas em várias cores porque as tintas usadas eram sobras das oficinas do porto.

O El Caminito fica localizado no bairro de La Boca, pertinho do Estádio La Bombonera. É um destino clássico entre os turistas e mais uma das diversas opções grátis que podem ser percorridos a pé. Com suas casinhas coloridas e ruelas animadas ideais para tirar fotos, é comum se deparar com artistas de rua que se apresentam por ali. Por isso, não se assustem ao cruzar com um belo show de tango ao ar livre. 💃🕺

Além de admirar a beleza de suas casas pintadas por cores alegres, é possível conhecer diferentes espaços culturais, tomar um café ou comprar um livro. El Caminito também é muito procurado por ser um ótimo lugar para comprar souvenirs em Buenos Aires. E já que o passeio é gratuito, as comprinhas estão liberadas! A louca das compras, kkkk.

Dica: Caminito é visitado por muitos turistas todos os dias e é uma área segura. Mas o bairro de La Boca pode ser perigoso. Portanto, é recomendável não levar objetos de valor ou andar pelas ruas de dentro do bairro, principalmente à noite.

Endereço: El Caminito.

Como chegar: De Ônibus – 29, 33, 64, 53, 152.


3 – CEMITÉRIO DA RECOLETA

A primeira vista pode parecer estranho, mas sim, você leu certo! O Cemitério da Recoleta é um importante ponto turístico de Buenos Aires. Localizado no chique bairro de mesmo nome, o local ganhou fama pela beleza e riqueza das lápides, e assim passou a ser um dos cemitérios mais visitados do mundo.

Lá estão enterrados presidentes, ganhadores do Prêmio Nobel, escritores conhecidos e outras personalidades argentinas importantes, como por exemplo, Evita Perón, a famosa ex-primeira-dama argentina. Durante estes momentos, será possível conhecer histórias curiosas contadas por inscritos nas paredes dos túmulos.

O Cemitério da Recoleta fica aberto diariamente e a entrada nele é grátis. Por lá também existem alguns tours guiados durante a semana, vocês acreditam? Hahaha 👻

Endereço: Junín, 1760.

Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h às 18h.

Como chegar: De Ônibus – 17, 61, 62, 67, 92, 93, 10, 37, 38, 41, 59, 60, 95, 101, 102, 108, 118, 124 e 130.


4 – MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES

Buenos Aires é um ótimo destino para quem gosta de atividades culturais. De fato, um dos maiores museus da Argentina é o Museu de Belas Artes que guarda a maior coleção pública de arte da América Latina além de reunir obras bem diferentes uma das outras. 

Fundado em 1895, o MNBA separa seus 24 salões por período histórico, indo desde a arte antiga até os trabalhos contemporâneos. A saber, entre os artistas mais famosos expostos, ali estão Tarsila do Amaral, Henri Cartier Bresson, Vincent Van Gogh, Claude Monet, Cândido Portinari, Rembrandt e mais uma grande coleção de obras de arte dos principais artistas brasileiros.

Logo, o museu conta com visitas guiadas e a entrada é gratuita todos os dias, em horários determinados. Para saber mais, clique aqui!

Dica: A visita ao Museu de Belas Artes pode ser feita no mesmo dia da visita ao Cemitério da Recoleta. Os dois ficam pertinho e ambos são opções grátis.

Endereço: Av. del Libertador, 1473.

Horário de funcionamento: Funciona de terça a sexta das 11:00 às 20:00, aos finais de semana, abre uma hora mais cedo e as quartas e sextas-feiras, às 16h30, há visitas guiadas em português.

Como chegar: De Ônibus – 10, 37, 38, 41, 59, 60, 67, 92, 93, dentre outros; Metrô – Linha C, estação San Martín.


5 – CATEDRAL METROPOLITANA

Outro lugar interessante para conhecer de forma gratuita na Plaza de Mayo, é a Catedral Metropolitana de Buenos Aires. Principal templo da Igreja Católica em Buenos Aires e que ficou ainda mais famosa, por conta do museu do Papa Francisco.

Na visita ao local, além de ver o museu, vocês poderão apreciar os incríveis detalhes arquitetônicos. Por exemplo, o altar principal esculpido em madeira, o piso de mosaico veneziano feito na Inglaterra, a cúpula de 40 metros decorada com pinturas renascentistas, um mural em homenagem às vítimas do Holocausto, dentre tantas outras experiências imperdíveis.

Endereço: Avenida Rivadavia e Rua San Martin, Plaza de Mayo, Centro de Buenos Aires.

Horário de funcionamento: A catedral abre de segunda a sexta, das 07:30h às 18:30h. Sábado, das 09:00h às 18:45h e domingo das 09:00h às 17:30h. As visitas guiadas em espanhol são feitas na igreja, de segunda a sexta-feira às 11h30.

Como chegar: De ônibus – 2, 6, 7, 8, 24, 29, 33, 56, 59, 64, 86, 93, 98, 103, 105, 111, 114, 126, 130, 146, 152; De Metrô – Linha A: Estação Plaza de Mayo; na Linha D: Estação Catedral; Linha E: Estação de Bolivar; na Linha C: Estação Avenida de Mayo; e na Linha B: Estação Leandro N. Alem.


6 – TEATRO COLÓN

A acústica do Colón é considerada uma das cinco melhores do mundo. Por ser uma das mais importantes atrações turísticas locais, é possível fazer um tour guiado para conhecer os detalhes do local que possui um interior lindo. Contudo, são visitas pagas.

Por outro lado, o que nem todo mundo sabe é que o Colón tem programas gratuitos.

Laíse, quando é possível conhecer o teatro por dentro e ainda assistir a uma apresentação, sem pagar nada por isso? – No site oficial, vocês podem ficar por dentro de todas as opções de apresentações grátis e como adquirir o ingresso. Incrível, hein!?👏 

Endereço: Cerrito, 628 / Libertad, 621.

Horário de funcionamento: Das 9h ás 17h. Os dias de funções os horários de visitação pode ser modificados.

Como chegar:  De ônibus – 7, 9, 10, 17, 23, 29, 39, 45, 59, 67, 70, 75, 99, 100, 105, 106, 109, 111, 115, 140, 145; De Metrô – Linha B: estação Carlos Pellegrini; Linha C: Estação Diagonal Norte; e Linha D: Estação Tribunales.


7 – CENTRO CULTURAL NÉSTOR KIRCHNER

Com uma fachada clássica e um interior super moderno, o Centro Cultural Néstor Kirchner é o maior da América Latina e o terceiro maior do mundo. Inaugurado em 2015, está instalado no antigo palácio sede do Correio Central. Atualmente, é uma das mais novas atrações para se conhecer de graça em Buenos Aires.

Internamente, existem diversos espaços como teatros, salas de concerto, galerias de arte, terraços com lindas vistas, salas com aulas de yoga, dança, história, música e muito mais.

Das atividades oferecidas, existem muitas opções grátis, inclusive, um tour guiado pelo prédio. Sexta, sábado, domingo e feriados às 14:00h e às 15:30h.

Assim também é uma boa opção para quem viaja com crianças! Mais informações no site.

Endereço: Rua Sarmiento, 151 – a 150 metros da Plaza de Mayo.

Horário de funcionamento: Quartas a Domingos e feriados, das 13 às 20hs. Fechado às segundas e terças-feiras.

Como Chegar: De ônibus – 2, 6, 7, 8, 24, 29, 33, 56, 59, 64, 86, 93, 98, 103, dentre outros; De Metrô – Linha B: Estação Além; Linha A: Estação Plaza de Mayo; e Linha D: Estação Catedral.


8 – CIRCUITO PAPAL

Buenos Aires deu início ao circuito papal, uma nova atração turística que apresenta aos visitantes os principais pontos que marcaram a história do Papa Francisco. A princípio, a visita guiada leva os turistas a casa onde nasceu Jorge Mario Bergoglio, onde jogava futebol, ao Instituto Nossa Senhora da Misericórdia, logo após, onde cursou seus primeiros estudos, à Catedral Metropolitana na Plaza de Mayo, dentre outros locais antes frequentados por ele.

Desse modo, o tour abrange 24 locais e tem como ponto de partida e chegada a Basílica San José de Flores, onde Bergoglio descobriu sua vocação religiosa. A visita guiada a pé ocorre todas as quintas-feiras, às 15h e dura cerca de 1h30min. O passeio também pode ser feito de ônibus, aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 12h e das 15h às 18h, com duração de 3h em média.

Ambos os passeios são grátis. A visita guiada e a pé e não necessita de inscrição prévia. Além disso, caso chova, ela pode ser suspensa. Já o tour de ônibus, ocorre independente do clima mas é preciso fazer a inscrição antecipada pelo e-mail: circuitopapal@buenosaires.gob.ar.

Endereço: Basílica San José de Flores – Av. Rivadavia 6950.

Horário de funcionamento: A pé, ocorre todas as quintas-feiras, às 15h. De ônibus, aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 12h e das 15h às 18h.

Como chegar: De ônibus – 1, 113-B, 134A, 2, 5, 55B; De Metrô – Linha A: Estação Plaza de Mayo.


9 – PUERTO MADERO

Reformado recentemente, o local ganhou um ar mais sofisticado e hoje une prédios comerciais, restaurantes, hotéis de luxo, museus e um cassino flutuante. Aliás, Puerto Madero é mais um dos 15 locais para se conhecer de graça em Buenos Aires.

A região pode ser percorrida a pé por quem quer conhecer um cenário cheio de traços mais recentes da história de Buenos Aires.

Dessa maneira, se estiverem por lá, aproveitem os restaurantes, bares e baladas que o bairro abriga. Além disso, há uma linda vista do seu calçadão e da Puente de la Mujer, um dos cartões-postais da cidade. A Região Portuária de Buenos Aires é perfeita e é um dos espaços mais frequentados por moradores e turistas.

Endereço: Puerto Madero.

Como chegar: De ônibus: 111A, 111D, 130A, 146A, 93C; De Metrô – Linha A – Estação Plaza de Mayo; Linha B: Estação Leandro N. Alem.


10 – RESERVA ECOLÓGICA COSTANERA SUR

Ideal para fazer um passeio ao ar livre ou andar de bicicleta, a Reserva Ecológica Costanera Sur, fica logo atrás de Puerto Madero e bem na beira do Rio de La Plata.

Com 350 hectares pouco conhecidos entre os turistas, a reserva é um espaço legal para curtir a natureza, relaxar durante a viagem, andar de bicicleta, fazer trilhas e aproveitar um piquenique ao ar livre. Nos domingos de sol, o parque fica cheio de gente curtindo essa enorme área verde.

Por outro lado, ainda é possível fazer um passeio noturno, super diferente. São caminhadas durante a lua cheia, pela Reserva Ecológica Costanera Sur. Os passeios são grátis, porém o espaço é limitado. Dessa forma, é necessário se inscrever pelo telefone (54 11) 4931-6092. 🌕

Endereço: La Reserva Ecológica Costanera Sul.

Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 8 às 18 horas. As segundas, fechado.

Como Chegar: De ônibus – 2, 29, 33, 64, 130, 152; Metrô: Linha A: Estação Plaza de Mayo; na Linha D : Estação Catedral; Linha B: Leandro N. Além.


11 – FEIRA DE SAN TELMO

Muito tradicional, a feira ao ar livre acontece na Calle Defensa, no bairro de San Telmo, aos domingos entre 10h e 18h e chega a atrair cerca de 10 mil pessoas todos os finais de semana! Antes de mais nada, já aviso que é um programa diferente, onde se encontra de tudo um pouco. Por exemplo, roupas, calçados, bijuterias, comidas e principalmente antiguidades. Além de fazer compras, é possível ver apresentações de artistas de rua e conhecer um pouco mais sobre a cultura argentina.

Se você estiver em busca de souvenirs, antiguidades, comidas típicas ou qualquer outra coisa que imaginar, na Feira de San Telmo tem! Hahaha. E o melhor, tudo com aquele precinho que turista adora! Sem contar que é mais um lugar gratuito, diferente e muito animado. Afinal, o bairro é conhecido pela sua atmosfera boêmia.

Não esqueçam de tirar uma foto com a simpática personagem Mafalda, na esquina entre as ruas Chile e Defensa!

Dica: Em algumas partes da feira há multidões de pessoas, por isso, cuidado com os seus pertences.

Endereço: Praça Dorrego, Rua Defensa e Humberto I, San Telmo.

Horário de funcionamento: Domingo das 10:00h às 17:00h.

Como chegar: De ônibus: 22, 24, 28A, 28B, 29, 33, 54, 61, 62, 74, 86, 93, 126, 130, 143, 152 e 159; Você também pode chegar caminhando, a partir da Plaza de Mayo, são 10 quarteirões.


12 – LIVRARIA EL ATENEO GRAND SPLENDID

Buenos Aires é dona de mais de 600 livrarias. E o antigo teatro Grand Splendid abriga, hoje, a famosa El Ateneo, uma das 12 livrarias mais incríveis do mundo. Assim, além de ser uma livraria maravilhosa está em um salão lindíssimo, com uma decoração impressionante. Definitivamente, esse é o paraíso para os amantes da leitura!

O local ficou tão famoso que recebe mais de 1 milhão de visitantes todos os anos. 😮

high-angle photo of people inside library with mini stage on room's corner

Sem dúvidas, o El Ateneo é um ótimo lugar para tomar um café, ver alguns livros, escutar música e passar o tempo.

Em síntese, se vocês gostam de literatura, mesmo que não vá comprar nenhum livro, uma visita à Livraria El Ateneo não pode ficar de fora do seu roteiro de 15 locais para se conhecer de graça em Buenos Aires. 📚

Endereço: Avenida Santa Fe, 1860.

Horário de funcionamento: Segunda a Quinta 9:00h às 22:00h; Sexta e Sábado das 09:00h às 00:00h; Domingos das 12:00h às 22:00h.

Como chegar: De ônibus – 10 – 12 – 37 – 39 – 101 – 108 – 124 – 132 – 150 – 152; Metrô: Linha D: Estação Callao.


13 – FLORALIS GENÉRICA

Situada no centro de um parque que oferece diferentes perspectivas do monumento localizado acima de um espelho de água que, além da função estética, o protege, Floralis Genérica é conhecida como a flor de metal, mas na verdade, é muito mais do que isso. Feita em aço inoxidável com esqueleto de alumínio, pesa 18 toneladas e atinge 23 metros de altura. E muita tecnologia!

Durante a noite a flor fecha e emana de seu interior um brilho vermelho voltando a abrir pela manhã. Este mesmo mecanismo que abre a flor, faz com que esta se feche na presença de ventos fortes. Da mesma forma, como demora a se movimentar, vocês podem se programar para passar duas vezes pelo parque. Uma de manhã e outra a noite, assim é possível ver os seus dois momentos.

Esse é mais um dos diversos lugares grátis (e legais), para ser incluso na lista do que fazer em Buenos Aires.

Com certeza, parada certa para fotos!!! 📸

Endereço: Av Pres Figueroa Alcorta y Austria / Plaza of the United Nations.

Horário de funcionamento: Todos os dias das 08:00h as 00:00h.

Como chegar: De ônibus: 108,128A, 130A, 130D, 61A, 67, 92C, 93B; De Metrô: Linha H: Las Heras.


14 – GALERIAS PACÍFICO

Um dos principais centros comerciais da cidade, a Galerías Pacífico é um ótimo passeio mesmo para quem não tem a intenção de fazer compras. O shopping na verdade é um monumento da arquitetura nacional e tem uma variada gama de lojas. Muitas delas de grifes internacionais, mas o sucesso do local é mesmo o edifício lindo por dentro e por fora! 😍

A área externa da Galeria recebe uma iluminação especial durante a noite e por dentro do prédio vocês podem conferir sua cúpula pintada.

Por fim, se quiserem se aprofundar na história da construção, eles fazem visitas guiadas que duram aproximadamente 20 minutos. Os turistas ouvem as informações gravadas e aprendem mais sobre os murais e a construção do prédio. Além disso, desde 1995 a Galerias Pacífico abriga o Centro Cultural Borges, um espaço voltado para shows e exposições. Para mais informações, acessem o site.

Endereço: Av. Córdoba, 550.

Horário de funcionamento: De segunda a sábado das 10h às 21h e domingos do meio dia até 21h.

Como chegar: De ônibus – 50, 56, 61, 62, 74, 91, 93, 99, 109, 115, 126, 130, 140, 143, 152, 195, dentre outros; Metrô: Linha C: estação General San Martin ou Lavalle; Linha B: estação Florida.


15 – PALERMO E PLAZA SERRANO

A Plaza Serrano, uma praça de Palermo, é um daqueles lugares que vocês podem ir tanto durante o dia como à noite que se darão bem na escolha.

Nas redondezas da praça há muitas lojas, restaurantes, bares e boates se tornando lugares ideais para curtir a noite da região. Durante o dia, o bairro e a praça continuam sendo uma ótima opção, principalmente para fazer compras nas lojas famosas ou de marcas mais alternativas. As domingos acontece uma feirinha nos arredores da praça. Vale muito a pena conhecer!

Também conhecido como Parque Tres de Febrero, os Bosques de Palermo ocupam boa parte do bairro. Dentro dele existem várias atrações e algumas são gratuitas! El Rosedal é uma das partes mais bonitas pois conta com o cultivo de milhares de rosas. Além disso a floração é muito ampla porque depende da espécie. A maioria das rosas florescem na primavera, mas também é possível ver flores coloridas no outono e inverno. Por isso, todo o ano é um bom momento para visitar o Rosedal. 🌷🌹

Como chegar: De ônibus – 12, 15, 29, 36, 37, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 102, 108, 111, 118, 124, 128, 130, 152, 160, 161, 166, 188; Metrô – Linha D: Estação Plaza Italia.


DICA EXTRA:

PASSEIO DE BICICLETA

Ponto Ecobici

De antemão, já aviso que essa não é exatamente uma opção de local grátis, mas sim do que fazer sem gastar nadinha! Adoro, kkk.

Buenos Aires é uma cidade ótima para se pedalar, e o melhor é que a Prefeitura da cidade oferece o serviço de empréstimo gratuito de bicicletas, o Ecobici.

COMO FUNCIONA

Primeiramente é necessário baixar o aplicativo no seu smartphone. Em seguida, será preciso criar uma conta e fazer um rápido cadastro. Basta preencher os dados corretamente e em poucos minutos estará tudo pronto para sair pedalando!🚴‍ 🚴‍

Na tela do seu celular, após ter aberto o aplicativo, vocês irão achar o mapa com todas as estações Ecobici. Os números dentro das caixinhas mostram o estoque habitual de bicicletas e quantas estão disponíveis naquele momento. Dessa forma, vocês evitarão ir até uma estação que não tenha nenhuma bicicleta livre. Existem dentro da cidade vários pontos onde se encontram as bikes.

Enfim, assim que chegar na estação escolhida vocês deverão abrir novamente o aplicativo e gerar um código de desbloqueio. Logo em seguida, inserir o código no controle do lado da bicicleta. A luz verde irá piscar e prontinho, a bicicleta já estará liberada! 👏

Horário de funcionamento: Segunda a sexta, das 8h às 20h. E aos sábados de 9h às 15h.

Estações onde pegar uma bicicleta: Neste mapinha abaixo, estão marcadas além das ciclovias, às estações onde você pode não só retirar, como também deixar a sua bike, assim que finalizar o seu passeio. Agora é só partir!


DICAS IMPORTANTES PARA APROVEITAR MELHOR SUA VIAGEM À BUENOS AIRES

Depois que vocês já viram tudo sobre os locais grátis em Buenos Aires, uma dica legal e que faz a diferença na viagem é escolher bem a localização do seu hotel a fim de se hospedarem perto das atrações turísticas. A cidade é grande e estando bem localizados vocês aproveitarão muito mais, além gastarem muito menos tempo e dinheiro para se deslocarem até os lugares. Por isso, vale a pena caprichar na reserva do hotel em Buenos Aires.

NÃO SE ESQUEÇAM DO SEGURO VIAGEM PARA A ARGENTINA

Ademais, uma dica importantíssima a todos que estão planejando viajar para fora do Brasil. Independente da distância ou motivo da sua viagem, o seguro é imprescindível. Afinal, imprevistos acontecem. E para evitar qualquer perrengue a melhor saída é se prevenir, concordam?

Por outro lado, o que muitas pessoas não sabem é que ele não é caro. Logo depois de finalizar esse texto, leia o nosso post Seguro viagem – dúvidas frequentes, com tudo o que vocês precisam saber sobre o assunto.


Tem mais alguma dica sobre locais grátis em Buenos Aires? Conte para nós nos comentários e ajude outros leitores a economizar!

Ahh, só mais uma coisinha importante! As informações descritas neste post podem mudar, por exemplo: preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consultem, antes de irem, através de sites oficiais, redes sociais ou telefones, ok?

Agooora sim! Listinha dos 15 locais para conhecer de graça em Buenos Aires? Ok! Dicas extras? Ok! Boa viagem e não se esqueça de me chamar no WhatsApp, para valores de passeios ou mais informações! Beeeijos.


LINKS DE DESCONTOS:

DESCONTO SEGURO VIAGEM

AIRBNB

LEIAM TAMBÉM:

 

Related posts

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE BUENOS AIRES

lua maria

PRINCIPAIS MUSEUS DE BUENOS AIRES

aline santana

MUSEUS NADA COMUNS EM BUENOS AIRES

bella sefisa
%d blogueiros gostam disto: