14.4 C
Santiago do Chile
BUENOS AIRES

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE BUENOS AIRES

O planejamento de qualquer viagem envolve vários questionamentos. Então, pensando em facilitar a vida de vocês, elaborei esse post todo dedicado a responder as perguntas frequentes sobre Buenos Aires, para quem pretende conhecer esse cantinho da Argentina. Vamos conferir?

QUAL É O MELHOR AEROPORTO DE BUENOS AIRES: AEROPARQUE OU EZEIZA?

Talvez essa seja uma das perguntas frequentes mais pesquisadas quando se começa a planejar uma viagem para Buenos Aires. Atualmente, para chegar à capital argentina, os turistas têm duas opções: o tradicional aeroporto de Ezeiza e o Aeroparque. Porém, responder qual é melhor aeroporto de Buenos Aires não é tão simples assim, já que eles têm grandes diferenças entre si. Por isso, vamos entender um pouco mais sobre cada um.

AEROPARQUE

Possui uma estrutura menor, mas em contrapartida é bem mais perto do centro de Buenos Aires e de outros bairros importantes.

O grande problema deste aeroporto é a sua infraestrutura. Os guichês da alfandega têm sempre uma enorme fila e às vezes se chegam dois voos internacionais ao mesmo tempo, a fila da imigração fica enorme! 😕

Ahh… outro ponto negativo é o tamanho do Free Shop para quem gosta de dar inicio às comprinhas desde o aeroporto. Infelizmente, bem pequeno se comparado ao de Ezeiza.

Mas calma! Existe sim um ponto positivo nesse Aeroporto. O Aeroparque fica dentro da cidade e a depender do ponto da cidade que você vá, pode chegar em 10 ou 15 ou minutos de carro.

EZEIZA

Grande, espaçoso e com a infraestrutura bem melhor que o Aeroparque, o Ezeiza é o principal aeroporto de Buenos Aires e do país.

Porém, apesar de melhor que o Aeroparque, o Ezeiza é mais distante do centro de Buenos Aires. Em contrapartida, para os amantes das comprinhas o Ezeiza tem um amplo Free shop.

Para sair do aeroporto e chegar ao seu destino, indico pedir um Cabify ou Uber, que ficam em torno de 650 pesos (cerca de R$ 51,00) para os bairros mais centrais. Por outro lado, pode contratar o Taxi Ezeiza logo na saída do desembarque, que funciona com preço tabelado. Pagando antecipadamente ida e volta, o valor pode sair mais em conta.


QUAIS COMPANHIAS AÉREAS VOAM PARA BUENOS AIRES E QUANTO TEMPO DURAM OS VOOS?

Existem diversas companhias aéreas que voam do Brasil para Buenos Aires sem escala ou conexão. Por exemplo: Aerolineas Argentinas, Azul, Gol Linhas Aéreas, Latam Airlines Group, dentre outras.

Tomando como base São Paulo, o voo até Buenos Aires tem duração aproximada de 2:50h. Gente, chega a ser mais rápido do que viajar entre muitas capitais brasileiras! 😮

QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA?

Outra perguntinha bem frequente. Então, vamos lá! Planejar é fundamental, afinal, estamos falando de uma viagem internacional e todo cuidado é pouco.

Para ingressar na Argentina na condição de turista, cidadãos brasileiros devem apresentar passaporte válido ou cédula de identidade. Ou seja, você não entra com carteira de motorista (CNH), não entra com CPF, nem documento militar, não entra com carteirinha de estudante, do clube, da locadora, carteira de advogado ou médico, nem com certidão de nascimento. Só entra em Buenos Aires com passaporte ou RG!

DOCUMETOS

O Acordo sobre Documentos de Viagem do Mercosul estabelece como requisitos para aceitação do documento: estar em bom estado de conservação e que a foto permita identificar claramente o titular. Dessa forma, não há nenhum documento formal que obrigue o viajante ter o RG com validade inferior a 10 anos.

Mas lembre-se! Vocês podem ficar no máximo por 90 dias no país. Mais que isso é preciso renovar o visto de turista ou sair do país para depois voltar!


QUAIS OS DOCUMENTOS PARA VIAJAR COM MENOR DE IDADE?

Os menores de 18 anos não precisam de autorização se estiverem acompanhados dos dois pais, mas da mesma forma que um adulto, também é necessário RG ou Passaporte do menor.

Porém, se forem acompanhados por apenas um dos pais, necessitam de uma autorização do outro autenticada em cartório. Do contrário, não poderão viajar. Em alguns casos é preciso apresentar também a passagem de volta.

Se a criança viajar desacompanhada de ambos os pais, será necessário apresentar o Formulário de Autorização de Viagem de Menor para o Exterior Desacompanhado, que deve ser feita em cartório ou perante o Juizado de Menores e com firma reconhecida.

Atenção! Não são aceitos como documentos a Certidão de Nascimento, independente da idade ou qualquer outro documento que não seja RG ou Passaporte.

DICA: caso precise, tirem cópias da autorização e carreguem consigo!


É EXIGIDA ALGUMA VACINA?

Para turistas brasileiros não há exigência de nenhuma vacina na Argentina.

Mas caso queiram conferir essa e outras informações, acesse o portal argentino que emite notas oficias sobre assuntos de interesse de imigrantes e turistas, o Migraciones.


PRECISO FAZER SEGURO VIAGEM?

Bom, quem leu outros textos aqui, com certeza já viu que eu considero o seguro viagem imprescindível, independente do tipo ou motivo da viagem.

Dessa forma, tenho um post toooodo voltado para esclarecer mais sobre essa pergunta super frequente e mais outras dúvidas sobre o seguro. Clique aqui para conferir! 

Nunca sabemos o que pode nos acontecer em uma viagem dessas, né? Se vocês acham que vão economizar deixando de fazer seguro, podem cair em uma furada. Portanto, se quer contratar e ainda ganhar descontinho, cliquem aqui para fazer isso!


QUAL A MOEDA LOCAL?

O peso argentino é a moeda oficial. Porém, em estabelecimentos turísticos, real, dólar e euro geralmente são aceitos. De qualquer forma, não deixe de consultar o estabelecimento antes, ok?

DICA: a cotação varia muito. Mas se querem aprender um jeitinho fácil de fazer a conversão, transforme quatro reais em quinze pesos argentinos.


QUAL A MELHOR ÉPOCA PARA IR?

Olha, essa também é uma pergunta bastante frequente. Existem viajantes que preferem viajar no friozinho, inclusive, para estrear aqueles looks maravilhosos de inverno. Em contrapartida, há quem não aprecie muito essa história de ‘tira casaco, bota casaco’, kkkk e busca por temporadas com temperaturas mais amenas.

Buenos Aires tem suas estações do ano bem definidas. No ápice do verão e do inverno as temperaturas são extremas, tipo ‘8 ou 80’. De tal forma que no verão o calor é forte e úmido, com temperaturas bem altas. Também é a temporada mais cheia, cara e boêmia.

O inverno é rigoroso, com um vento congelante que vem do Rio de La Plata, os restaurantes fecham mais cedo e as baladas não acontecem com a mesma frequência.

Já o outono e a primavera são temporadas bem mais tranquilas e agradáveis, além de mais baratas. Dessa forma, se quiserem conhecer Buenos Aires e de quebra economizar, a melhor opção é escolher entre essas duas estações.


COMO É O CLIMA?

Como já citamos lá em cima, as estações de Buenos Aires são bem definidas. Então, esperem por um verão BEM quente ou um inverno BEM frio. Independente da época que vocês pretende viajar, estejam sempre preparados. E para te ajudar com isso, vou deixar aqui esse link para que possam acompanhar a previsão do tempo local. Clica aqui!

NO INVERNO

O inverno começa no dia 21 de junho e acaba em 21 de setembro. Em agosto, os ventos são super fortes. Já em julho (o mês mais frio), as temperaturas são muito baixas. Mínima de 0º e máxima 10º. Também é a época menos chuvosa do ano.

Dessa forma, se pretendem viajar nessa época vão se preparado para enfrentar as baixas temperaturas e levem roupas bem quentinhas para se agasalharem!

NO VERÃO

O verão começa no dia 21 de dezembro e acaba em 21 de março. O clima é bem quente e úmido e as chuvas são frequentes. A temperatura mínima geralmente é de 18 ou 20º, já a máxima pode ultrapassar facilmente a casa dos 40º e a sensação térmica ser ainda maior.

Ou seja, roupas leves e confortáveis, protetor solar e não esqueçam de beber muita água!


QUANTOS DIAS SÃO NECESSÁRIOS PARA CONHECER BUENOS AIRES?

Acho que esse é o questionamento mais comum em todos os posts de perguntas frequentes do site. A duração de qualquer viagem é algo muito relativo para os turistas. Mas sendo bem direta, acredito que cinco dias seria um prazo legal para percorrer Buenos Aires sem rolar aquela correria que acaba trazendo mais cansaço do que diversão e cultura. Nesse período, vocês conseguirão conhecer o centro da cidade, fazer alguns dos principais passeios e se sobrar tempo, estender para os arredores da capital argentina.

Mas como eu sempre digo, se não dispõem desse tempo ou se o orçamento está apertado agora, nada impede que a viagem seja mais curta e que logo mais vocês retornem para conhecer aquilo que não deu tempo, não é mesmo?

Afinal, é super fácil e rápido chegar até Buenos Aires!


BUENOS AIRES É UMA CIDADE SEGURA?

Sim, Buenos Aires é uma cidade relativamente segura. Seja nas ruas, na noite ou fazendo compras é inegável dizer que Buenos Aires transmite um ar de segurança maior do que muitas capitais brasileiras. Massss como qualquer lugar, é preciso tomar alguns cuidados para evitar que algum episódio acabe estragando a sua viagem.

Infelizmente o número de assaltos à mão armada vem crescendo. Assim também como os furtos em locais de grande aglomeração que são bem comuns com os turistas. Não posso esquecer de falar dos taxistas mestres em aplicar golpes em vários lugares do mundo, inclusive em Buenos Aires.

No mais, mantenham-se em estado de alerta, principalmente com os seus pertences no Microcentro ou em qualquer outra aglomeração turística. Ah, procure andar acompanhados.


COMO SÃO AS TOMADAS E QUAL A VOLTAGEM DE BUENOS AIRES?

As tomadas usadas em Buenos Aires (e no resto da Argentina), são bem diferentes das que temos aqui no Brasil. Lá eles utilizam o padrão ‘i’, aquela tomada com três pinos achatados, sendo que um deles fica na vertical e os outros dois mais inclinados. Ou seja, não importa se seu eletrônico aqui no Brasil entra na tomada nova de três pinos redondos ou na antiga de dois pinos, vocês não vão conseguir conectá-lo em uma tomada em Buenos Aires. Por isso, é melhor levar um adaptador universal ou então comprá-lo assim que chegar na cidade.

Geralmente os hotéis têm alguns adaptadores disponíveis para emprestar aos hóspedes, mas se você é daqueles que não suportaria ficar com o celular descarregado por algumas horinhas, é melhor se garantir!

Já a voltagem em Buenos Aires é de 220 voltz, com 50hz, o mesmo vale para toda a Argentina.


QUAL A MELHOR FORMA DE SE LOCOMOVER?

Você pode escolher entre o metrô (Subte), os ônibus (colectivos), Táxis ou carros por aplicativo. E óbvio, a maneira mais antiga de se locomover que é caminhando! Kkkk.

O metrô cobre boa parte da rota turística e é o mais recomendado para quem visita a cidade. Somente uma parte da Recoleta está distante do metrô, mas nada que uma boa caminhada não resolva. A grande maioria das linhas funciona das 5:00h até as 22:20h e a passagem custa ARS16,50 (cerca de R$ 1,25).

Os ônibus são outra ótima opção, já que passam a cada 15 minutos. Mas atenção! Não é permitido fazer o pagamento em dinheiro. Apenas com o cartão Sube, que pode ser adquirido e recarregado nos aeroportos, lotéricas, bilheterias do metrô, bancas, agências de correios, shoppings e muitos outros lugares, tendo um custo inicial de ARS 90,00 (cerca de R$ 7,00).

Baixe o aplicativo Como llego, para descobrir qual a melhor forma de ir entre um ponto e outro de Buenos Aires utilizando o transporte público.

Os Táxis são outra opção. Mesmo com um aumento, ainda possuem uma boa relação custo/benefício. Depois das 22hrs a tarifa fica 10% mais cara. Se essa for a sua opção, dê preferência aos de companhias de rádio táxi, mais seguros e confiáveis.


QUAL A MELHOR REGIÃO PARA SE HOSPEDAR?

Isso depende muito do gosto pessoal e das necessidades de cada viajante. Vou citar algumas opções, já que essa é uma pergunta frequente aqui no site.

O Microcentro tem a vantagem de ficar bem próximo de alguns dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Da mesma forma, pode ser uma área barulhenta e tumultuada durante o dia e mais deserta à noite.

Nesse sentido, o aconchegante bairro da Recoleta pode ser mais interessante, com muitas opções de hospedagens e preços variados.

Os bairros de Palermo e Villa Crespo são mais tranquilos, mas em contrapartida, por estarem mais longe do centro podem não agradar a todos, principalmente a quem viaja com crianças.


O QUE FAZER EM BUENOS AIRES?

Seja para bater perna, relaxar, conhecer a cultura local ou comprar aquelas lembrancinhas para levar para casa, o que não falta em Buenos Aires são boas opções. E aqui vamos conferir algumas delas!!!

SHOW DE TANGO

Para quem visita Buenos Aires pela primeira vez, é imprescindível separar um tempinho para conferir pelo menos um show.

O tango é patrimônio argentino e por isso mesmo uma grande atração turística. São diversas as casas de espetáculo e os restaurantes que realizam shows diários, com direito a jantar de gala e até camarote vip.

PLAZA DE MAYO

Além de ser palco de protestos políticos até hoje, a Plaza de Mayo é a praça mais antiga da cidade e o centro histórico da capital argentina. Cercada por diversos edifícios históricos e governamentais, há anos se converteu em um palco de manifestações políticas.

Ao redor da praça ficam outros pontos turísticos de Buenos Aires, como a Casa Rosada e a Catedral Metropolitana. A primeira é sede do Poder Executivo argentino. Já a segunda, foi onde o Papa Francisco atuou como Arcebispo.

CASA ROSADA

Localizada na Plaza de Mayo, a Casa Rosada é um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Possui fama internacional por ter sido palco de importantes manifestações políticas e também artísticas.

PUERTO MADERO

A região pode ser percorrida a pé, por quem quer conhecer um cenário cheio de traços mais recentes da história de Buenos Aires. Reformado recentemente, o local ganhou um ar mais sofisticado e hoje une prédios comerciais, restaurantes, hotéis de luxo, museus e um cassino flutuante.

São tantas as opções que encheria esse post só respondendo a essa pergunta. Por isso, tenho um texto voltado só para os pontos turísticos de Buenos Aires. Clique aqui e conheça outras opções para incluir no seu roteiro!

EL CAMINITO

O El Caminito fica localizado no bairro de La Boca, pertinho do Estádio La Bombonera. É um destino clássico entre os turistas e pode ser percorrido a pé, sem ter que pagar nada por isso. Com suas casinhas coloridas e ruelas animadas, ideais para tirar fotos é comum se deparar com artistas de rua que se apresentam por ali.

El Caminito também é muito procurado por ser um bom lugar para comprar souvenirs em Buenos Aires.


POSSO PAGAR COM REAL?

São poucos os lugares que aceitam o pagamento em Real e geralmente só em áreas bastante turísticas, como Calle Florida, La Boca ou Recoleta.

Na dúvida, tenha sempre pesos na mão ou quem sabe um cartão de crédito.


ONDE FAZER COMPRAS EM BUENOS AIRES?

Se viajar é bom, imagina ter a possibilidade de na volta pra casa poder trazer a mala cheinha de presentes para você, família e amigos. Na capital argentina isso se torna ainda mais interessante em virtude da desvalorização da moeda local em relação ao Real.

Além disso, na Argentina há o Tax Free, que é um programa no qual estrangeiros têm desconto de 21% sobre o valor total nas compras em estabelecimentos vinculados. Basta solicitar o formulário de devolução do IVA (Imposto sobre valor agregado), que deverá ser preenchido e entregue nos guichês da Global Refund Tax Free dos aeroportos, na hora de embarcar de volta pra casa.

E pra não me estender demais, vamos direto ao ponto! Em Buenos Aires, vinhos, doce de leite, alfajores, artigos em couro, perfumes e maquiagem, estão entre os diversos itens que costumam valer muuuuito a pena comprar.

CALLE FLORIDA

A Calle Florida, com certeza é o local mais movimentado da cidade para fazer compras. Durante toda a sua extensão é possível encontrar uma grande variedade de lojas de roupas, artesanato, livrarias, artigos esportivos, casas de câmbio, farmácias, bares e restaurantes. São tantas opções que vocês passariam tranquilamente várias horas por lá.

GALERÍAS PACÍFICO

Um dos principais centros comerciais da cidade, as Galerías Pacífico são um ótimo passeio. O shopping foi declarado Monumento Histórico Nacional da Argentina, em 1989.

O sucesso do local é mesmo o edifício lindo por dentro e por fora. Além do mais, tem uma variada gama de lojas, muitas delas de grifes internacionais. 

PATIO BULLRICH

Considerado o shopping mais sofisticado da cidade, o Pátio Bullrich concentra lojas de grifes internacionais e ótimos restaurantes.

Mesmo que não seja o seu perfil, vale a visita!

FEIRA DE SAN TELMO

Muito tradicional, a feira ao ar livre acontece na Calle Defensa, no bairro de San Telmo, aos domingos. É um programa diferente, onde se encontra de tudo um pouco. Por exemplo: roupas, calçados, bijuterias, comidas e principalmente antiguidades. É possível fazer compras, ver apresentações de artistas de rua e conhecer um pouco mais sobre a cultura argentina.

Se você estiver em busca de souvenirs, antiguidades, comidas típicas ou qualquer outra coisa que imaginar, na Feira de San Telmo tem! E tudo com aquele precinho que turista adora! Sem contar que é um passeio gratuito, diferente e muito animado, afinal o bairro é conhecido pela sua atmosfera boêmia.

Sem dúvidas, muito legal esse combo de compras + cultura, não é?

EL CAMINITO

Além de admirar a beleza de suas casas pintadas por cores alegres é possível conhecer diferentes espaços culturais, tomar um café ou comprar um livro. El Caminito também é muito procurado por ser um bom lugar para comprar souvenirs em Buenos Aires. E já que o passeio é grátis, as comprinhas estão liberadas! Kkkk

São tantas as opções que deixaria esse post gigaaante só respondendo a essa pergunta. Por isso, tenho um texto voltado para os principais lugares onde você pode fazer compras em Buenos Aires. Clique aqui e conheça outras opções para incluir no seu roteiro!


COMO FUNCIONA O TAX FREE?

O Tax Free é um sistema que permite a devolução do imposto IVA (calculado em 21% do valor de uma compra). Funciona unicamente para turistas que tenham adquirido bens materiais produzidos na Argentina, com valores a partir de 70 pesos. Mas Atenção! Não são todas as lojas portenhas que estão incluídas, só aquelas com o adesivo do Tax Free nas vitrines ou no seu interior.

O interessado deverá receber um formulário preenchido pelo comerciante que será entregue nos guichês da AFIP, localizados nos Aeroportos ou no Terminal  Marítimo de Buquebús (antes de sair do país), para poder receber a devolução. Mais informações clique aqui!


ONDE TROCAR DINHEIRO EM BUENOS AIRES?

A melhor opção é já sair do Brasil com alguns pesos trocados. Por outro lado, se pretende trocar seu dinheiro em Buenos Aires, os melhores locais de câmbio ficam no centro na Calle Sarmiento, próximo a Calle Florida. Como também no Banco de la Nación no Aeroporto Internacional.

Planeje bem seus gastos, pois no fim de semana as casas de câmbio do centro fecham, restando apenas aquelas em pontos estratégicos como Shoppings, o que resulta em uma cotação não muito boa. Ou seja, melhor utilizá-las apenas em caso de emergência.

A troca nas casas de câmbio paralelo também não é recomendada. Isso porque não existe garantia alguma para o turista. Caso vocês não conheçam muito bem o local e não tenham referências, melhor evitar.


QUANTO DINHEIRO LEVAR PARA BUENOS AIRES?

Vamos lá, existem diversos tipos de viajantes, do mais econômico ao mais ‘mão aberta’. Por isso, gosto sempre de deixar opções para todos os gostos e bolsos!

Orçamentos para viagens são sempre muito relativos. Dessa forma, vou exemplificar com uma base de gastos diários apenas com itens básicos, como alimentação e transporte, ok?

VIAJANTE ECONÔMICO: 200 REAIS POR DIA

Almocinho básico, com jantar mais elaborado. Deslocamento utilizando apenas o transporte público, como metrô e ônibus. Visitação a museus e pontos turísticos gratuitos.

VIAJANTE BÁSICO: 300 REAIS POR DIA

Todas as refeições, porém sem luxos. Deslocamento de Táxi ou carros de aplicativo duas vezes ao dia.

VIAJANTE MÃO ABERTA: 600 REAIS POR DIA

Todas as refeições em restaurantes conhecidos. Deslocamentos feitos de táxi ou carros de aplicativo durante toda a viagem.

Por fim, vale lembrar que esses valores são por pessoa. Mas se forem duas ou mais, a quantia pode acabar sendo menor. Ah, e nessa média não estão inclusos valores de passeios ou tickets para shows de tango, ok?


Então pessoal, estas são as perguntas frequentes que mais tenho recebido em relação a Buenos Aires. Espero que esse post facilite a sua programação e qualquer dúvida é só entrar em contato através do WhatsApp.

Ahh, só mais uma coisinha importante! As informações descritas neste post podem mudar. Por exemplo, preços, horários de funcionamento e até mesmo endereços. Consultem através de sites oficiais, redes sociais ou telefones, sempre antes de ir, ok?

Boa viagem!!! 😍


Não esqueçam de conferir os descontinhos abaixo que oferecemos à vocês para o Seguro Viagem e Airbnb!
LEIAM TAMBÉM: 💻

Related posts

15 LOCAIS PARA CONHECER DE GRAÇA EM BUENOS AIRES

lua maria

PRINCIPAIS MUSEUS DE BUENOS AIRES

aline santana

PRINCIPAIS SHOPPINGS DE BUENOS AIRES

Laíse Mesquita
%d blogueiros gostam disto: