20.7 C
Santiago do Chile
NAZCA

O QUE FAZER EM NAZCA

Oiieee pessoal! Se estão com viagem marcada para o Peru e procurando cidades com muita história e aventura vocês precisam conhecer Nazca! Essa cidade tão encantadora e misteriosa com certeza vai ganhar seu coração! Ficaram interessados? Que tal descobrir o que fazer em Nazca e já incluir no roteiro? Vamos lá! 😎

Primeiramente, é preciso saber que Nazca é uma cidade bem pequena e muito charmosa, localizada 450km ao sul de Lima. Como faz fronteira com as cidades de Cusco, Arequipa e Ica  pode ser facilmente incluída no roteiro das cidades vizinhas.

Sua civilização foi uma das mais importantes civilizações pré-incas do Peru e ficou mundialmente famosa por suas enigmáticas linhas no deserto, declaradas como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Contudo, não se enganem, Nazca pode ser pequena mas esconde lugares maravilhosos com muita cultura e história que com certeza vão encantá-los demais! Vamos conhecer os principais passeios em Nazca?


LINHAS DE NAZCA

As linhas de Nazca, definitivamente, são o maior atrativo da cidade. Afinal, permanecem até hoje como o maior mistério dessa antiga civilização e, ouso dizer, da humanidade.

Basicamente são linhas espalhadas em toda a extensão do deserto (aproximadamente 450km²! 😨) que se conectam formando imagens de plantas e animais geometricamente perfeitas. Até o momento, os pesquisadores já conseguiram identificar diversas figuras, como: cachorro, macaco, árvore, condor, flamingo, aranha e lagarto.

Muitas são as teorias que tentam explicar a existência desse fenômeno, contudo, não passam de especulações, hehe.

Para conhecer as linhas de Nazca, o mais indicado é realizar um sobrevoo, com duração de aproximadamente 35 minutos, em um avião que comporta até 6 pessoas. Nesse passeio vocês sobrevoarão todas as figuras que compõem as linhas de Nazca em um roteiro cuidadosamente planejado pela companhia área responsável.

Inclusive, vale dizer que, esse é um passeio que pode ser contratado com agência ou direto no guichê do aeroporto. Caso tenham interesse, entrem em contato comigo pelo WhatsApp.

Faixa de preço para o sobrevoo: 69 dólares – aproximadamente R$385,00 reais.

Também é possível ver as linhas de Nazca subindo na Torre de Observação, localizada à uns 20km do centro da cidade. Contudo, como a torre tem apenas 12 metros, pode não ser o suficiente para uma visão completa.

Faixa de preço para subir na torre: 3 soles / aproximadamente R$4,00 reais.


MUSEU MARIA REICHE

Maria Reiche dedicou mais de 60 anos de sua vida pesquisando as Linhas de Nazca, portanto, é reconhecida como a maior pesquisadora desse grande mistério. Infelizmente, faleceu em 1998, aos 95 anos, sem concluir seu estudo.

Entretanto, durante sua vida, Maria Reiche recebeu muitos títulos em reconhecimento à sua pesquisa, porém, sempre levou uma vida muito modesta e simples.

Sendo assim, esse museu nada mais é que sua própria casa aberta à visitação. Lá estão os mapas, anotações, cálculos e muitas fotos das linhas de Nazca, bem como da própria Maria (mesmo em idade avançada) persistindo em seu estudo.

Como esse é um ponto que fica distante do centro de Nazca, o ideal é visitá-lo combinando com o sobrevoo ou a observação das linhas.

Horário de funcionamento: Todos os dias, das 8h às 18:00h.

Faixa de preço: 5 soles / aproximadamente R$7,00 reais.


CEMITÉRIO PRÉ-INCAICO DE CHAUCHILLA

Não tem como ir a Nazca e não passar em um cemitério (que mórbida, 😂 ).

Brincadeiras à parte, conhecer o cemitério pré-incaico de Chauchilla enriquecerá o contexto histórico do seu roteiro, definitivamente.

Entretanto, já adianto: esse não é um cemitério comum!  Em Chauchilla encontramos 13 tumbas pré-incas, todas com as múmias em sua posição e localização originais. Além disso, é possível observar todos os tecidos e objetos de cerâmica que foram enterrados com aquelas pessoas (eita! 😯).

Todavia, apesar da complexidade e história desse cemitério, vocês não encontrarão nenhuma informação histórica exposta, por isso, recomendo que visitem o pequeno museu localizado na entrada desse ponto turístico.

Horário de funcionamento: Todos os dias, das 6:00h às 18:00h.

Faixa de preço: 8 soles / aproximadamente R$12,00 reais.


PUNTA SAN FERNANDO

Com uma beleza exuberante, Punta San Fernando é o passeio que os turistas mais gostam, porém, é o mais distante do centro de Nazca.

Para chegar lá é preciso ir de buggy (bem equipado!) e atravessar o deserto até o Oceano Pacífico. Esse passeio é muito especial porque durante o caminho vocês verão inúmeros leões marinhos e muitas aves nativas do local.

No meio do passeio poderão fazer uma parada para praticar sandboard.  Como é sempre bom avisar: levem um bom casaco! Vão pegar muuuuito vento! hehehe.

Chegando lá, vocês verão a paisagem inigualável da Baía de San Fernando! Uma praia lindíssima, porém, somente contemplativa, devidos aos inúmeros e enormes rochedos.

Os passeios são fechados diretamente com as agências, por isso, se ficaram interessados, me chamem no  WhatsApp. 😉


AQUEDUTOS DE CANTALLOC

Os enormes reservatórios que formam os Aquedutos de Cantalloc são considerados uma verdadeira obra de engenharia da antiga civilização Nazca.

Localizados à 5km do centro de Nazca e construídos a partir de lajes de pedras e troncos, esses complexos espirais eram utilizados para irrigar as antigas plantações. Estima-se que até hoje existam ainda aproximadamente 17 aquedutos abertos para visitação nessa região.

Horário de funcionamento: todos os dias, das 8:00h às 17:00h.

Faixa de preço: 10 soles / aproximadamente R$15,00 reais.


RUINAS PAREDONES

As Ruinas Paredones ou Caxamarca como também são conhecidas, ficam localizadas à 2km do centro de Nazca.

Construídas com adobe (uma espécie de argila da época), infelizmente, não estão muito bem preservadas, porém, guardam muita história e com certeza valerá a pena conhecer!

Antes de mais nada essas ruínas eram utilizadas pela antiga civilização Nazca como local para a produção têxtil e de cerâmicas. Contudo, após a invasão Inca esse prédio tornou-se um centro de controle administrativo entre as montanhas.

As ruínas estão abertas à visitação, mas, para conhecer a fundo sua história é interessante contratar um guia especializado, ok?


CAHUACHI – O VATICANO PRÉ HISPÂNICO

Cahuachi foi classificado como o maior centro cerimonial feito de tijolos de barro no mundo! Incrível, né?

Composto por duas pirâmides, esse complexo vem sendo constantemente monitorado e estudado por arqueólogos, por isso, ainda existem poucos espaços abertos à visitação, como: pátio, terraço com câmaras cobertas e um cômodo bem espaçoso no topo.

Para esse passeio a melhor dica é: não tentem fazer sozinhos! Sim, pode parecer desanimador, mas é para a segurança e para poupar o tempo de vocês. Afinal, esse ponto turístico fica afastado do centro de Nazca, em uma estrada sem asfalto e sem sinalização própria, o que pode fazer com que vocês se percam. Então, não vale a pena se arriscar, tá?


CERRO BLANCO

Com 2078 metros de altura, Cerro Blanco ficou conhecida como a maior montanha de areia do mundo!

É um ponto turístico muito procurado pelos turistas por ser considerado o lugar perfeito para praticar sandboard. Ali, mesmo quem não pratica nenhum tipo de esporte, vai se divertir horrores! Ah, e de quebra observar a linda paisagem do vale de Nazca. 🤩

Porém, avaliem se esse passeio é o ideal de acordo com seu roteiro, afinal, existem muitos que o consideram extremamente cansativo. Bom, cansativo deve ser mesmo, mas o que ninguém pode negar é que é um local incrível, né?


E aí? O que acharam de Nazca? Ficaram curiosos para conhecer essas belezas de pertinho? Espero que tenham gostado e que esse post tenha inspirado vocês à conhecerem um pouco mais do Peru e suas cidades incríveis!

Por fim, já sabem, né?  Se quiserem solicitar orçamentos, conhecer meu portfólio ou receber outras informações me chamem no WhatsApp 😉

 

Boa viagem! Beeeijos! 😘


Links de desconto:

Descontos em Santiago

Descontos Seguro Viagem

Desconto AIRBNB

Leiam também:

Motivos para ir ao Peru

Roteiro de 10 dias pelo sul do Peru

Mala de 10 dias para o Peru

Dicas extras: 

Baixe gratuitamente meu portfólio Chile e Peru

Adquira meu livro de Santiago

%d blogueiros gostam disto: