14.4 C
Santiago do Chile

VINÍCOLA SANTA RITA

Laíse Mesquita

DURAÇÃO

Período da manhã ou período da tarde

INCLUI DEGUSTAÇÃO DE VINHOS?

Sim! 3!

DISPONIBILIDADE

O ano inteiro

O QUE PRECISO PARA RESERVAR?

Preencher o formulário de reserva e pagar 10% do valor como adiantamento.

PREÇO PARA ADULTOS

35.000 pesos ou 30.000 pesos comprando no combo (a partir de dois passeios).

PREÇO PARA CRIANÇAS

17.500 pesos

CANCELAMENTO SEM TAXA

Cancelando em até 48 horas antes do início da atividade, nós devolvemos 100% do adiantamento pago para realizar a reserva.

REMARCAÇÃO SEM TAXA

Você pode remarcar sem nenhuma taxa extra a data do seu passeio - em até 48 horas antes do início da atividade.

ITINERÁRIO

Iremos passar pelo seu hotel para te buscar – você não precisa se preocupar em chegar à nenhum endereço específico! Só pedimos para que fiquem no hall/recepção, para facilitar o encontro com o guia do passeio.

Você tem duas opções de turnos para ir:

Turno da manhã: De 07:30h às 15h.

Turno da tarde: De 13:30h às 19h.

Lembrando que o horário exato em que passaremos é enviado na noite anterior pelo seu vendedor. (Tolerância de 15 min por possíveis atrasos/imprevistos que venham a acontecer).

CAMINHO À VINÍCOLA

Saindo de Santiago, vamos direto para a vinícola. Não há nenhuma parada antes em nenhum local para tomar café da manhã (turno da manhã), ou almoçar (turno da tarde). Nem mesmo em lojas de conveniência.

Porque os tours na vinícola são com horários marcados, então já saiam do hotel alimentados.

Diferente dos outros passeios, o turno da manhã passa para buscar os clientes entre 07:30h/08:00h, dando tempo para que os clientes aproveitem o café do seu local de hospedagem. Até porque para beber, não podemos estar com o estômago vazio, né?

Depois de 1:30h aproximadamente, chegamos na vinícola! Situada na região de Alto Jahuel!

Dica: Explorem um pouco essa região de fora da vinícola, porque tem muitos lugares “instagramáveis” que você não vai querer perder! Principalmente os jardins e as casonas com uma arquitetura super clássica.

Aproveitem também para ir na loja de souvenirs e vinhos – eles tem muitas promoções de CAIR o queixo! Nada melhor que comprar um vinho chileno na própria vinícola de produção, não é mesmo?

Todas essas atividades você pode fazer antes ou depois do seu tour – depende do horário marcado. Mas caso seja depois, não se preocupem pois vocês terão tempo! 🙂

UM POUCO DE HISTÓRIA

No início do seu tour, o guia irá fazer uma breve introdução sobre a história da vinícola e o porquê de ser tão famosa!

Não se preocupem que essa parte é bem dinâmica e rápida! Os guias sabem que todo mundo tá ali ansioso na verdade é para beber vinho, hahaha.

Uma curiosidade: sabia que foi nessa vinícola que eles descobriram a “Carmenere”? E hoje, o Chile produz mais de 80% dos carmeneres do mundo!

Nesse momento o guia começa a explicar sobre as variedades de uva mais famosas no Chile e as “castas estrelas” da vinícola – as que melhor se desenvolveram e alcançaram sua maior expressão em seus solos.

Nesse jardim de variedades tem uma pequena mostra de todas as uvas que eles utilizam para os vinhos. São muitas! Eles apresentam também a origem de cada uva, e em que partes do Chile são produzidas.

PARREIRAS

Chegamos na parte onde estão as parreiras REAIS. Porque lá no jardim de variedades tínhamos apenas alguns exemplares – digamos que uma parte turística.

Nesse ponto, vemos as plantas verdadeiras que a vinícola cultiva para produzir os seus vinhos.

O visual do vinhedo vai mudar de acordo com a estação do ano que você visitar – pode ser que as parreiras estejam secas e sem uvas (época fria), ou verdes/amarelas com muita fruta no pé (época quente).

Uma das vantagens de vir ao Chile no verão/outono, é que nessas épocas você consegue comer a uva direto do pé, bem docinha!

EVOLUÇÃO NOS PROCESSOS DE PRODUÇÃO

O guia nos leva de volta ao tempo, mostrando todos os tipos de processos já utilizados na história – desde a época em que se amassavam as uvas com os pés, até o momento atual, com bastante tecnologia.

Todas essas máquinas estão em exposição – nossos clientes amam tirar fotos lá!

Nesse momento, o guia também fala um pouco sobre informações técnicas sobre a produção – temperatura adequada, que tipo de uva utilizar para cada estilo de vinho, etc.

FÁBRICA DE ENGARRAFAMENTO

Essa é uma das poucas vinícolas no Chile em que você consegue ver os trabalhadores de fato com a mão na massa.

É isso que vemos ao entrar nas casas de produção – barris gigantescos com o vinho sendo fermentado, esteiras com garrafas de vidro passando, funcionários colocando a etiqueta, gerentes fiscalizando a produção… bem o dia-a-dia mesmo da vinícola.

ADEGA 1

Uma mudança básica de temperatura pois acabamos de chegar nas adegas! Esse é o local onde vemos vários barris com vinho dentro – o estágio de envelhecimento para que o vinho alcance sua melhor expressão.

O guia fala sobre o tipo de carvalho utilizado nos barris; quanto tempo cada estilo de vinho precisa ficar ali na adega; e a diferença entre os vinhos reserva, reservado e gran reserva.

ADEGA 2: 120 PATRIOTAS

Assim que entramos nessa adega, vemos vários cenários de fotos maravilhosos! hahaha Uma parede cheia de vinhos trancadas com cadeado – que são os vinhos mais velhos da vinícola; umas mesinhas no estilo retrô; e um bar de vinhos!

O mais legal dessa adega é a parte em que sentamos para assistir um “teatrinho” para finalmente entender a história do vinho mais famoso deles, o “120”.

Esse lugar foi considerado Monumento Nacional, porque um evento muito interessante aconteceu na época da Independência do Chile!

DEGUSTAÇÃO DE VINHOS

Chegou a melhor parte! A degustação dos três vinhos!

Enquanto bebemos, o guia explica um pouco sobre a ficha técnica de cada vinho, com o que podemos harmonizar, dá dicas também de como escolher os melhores vinhos no supermercado, fala sobre os diferentes tipo de rolhas e garrafas, a maneira certa de fazer uma degustação – utilizando vários sentidos – e a maneira certa de segurar a taça.

Dica: Sempre tem no grupo algumas pessoas que não querem beber, ou que bebem muito pouco. Fique próximo delas para ganhar umas tacinhas a mais!

Para quem não entende muito sobre o mundo dos vinhos mas quer começar a entender: indico o nosso curso de vinhos gratuito no Youtube! Só clicar nesse botão abaixo.

ASSISTIR AO CURSO

TE DEIXAMOS NO SEU HOTEL

Chegamos em Santiago às 15h quem foi no turno da manhã e 19h para quem foi no turno da tarde.

Na volta, vocês podem pedir ao motorista para ficarem em algum outro lugar que não seja o seu hotel e que esteja na rota – por exemplo: Patio Bellavista, Parque Arauco, Shopping Costanera…

Mas lembrem de avisar com antecedência.

Após o término do passeio, nos dê um feedback para sabermos como foi sua experiência 🙂

OPÇÃO EXTRA

MUSEU ANDINO

ATENÇÃO: Esse museu não abre nas segundas! Assim como nenhum outro museu no Chile.

Esse lugar é absolutamente mágico para os fascinados por história! Você consegue absorver muito da cultura chilena através das peças dos povos ancestrais – os mapuches – que estão em exposição ali. O acervo conta com quase duas mil peças de arte pré-colombina!

Vocês não precisam pagar nada a mais para entrar, já está incluso no valor total do tour.

Algumas das salas que vocês vão encontrar nesse museu são: Sala Rapa Nui, sala de peças arqueológicas da cultura Arica, sala de obras da Cultura São Pedro e uma sala onde destaca-se a cultura Mapuche.

O QUE INCLUI O PASSEIO?

Guia turístico

3 degustações de vinho

Translado ida e volta a partir do seu hotel

Taça de brinde da vinícola

Todas as paradas citadas no itinerário acima

Entrada no museu andino

PERGUNTAS FREQUENTES

EXISTE ALGUM VÍDEO DESSE PASSEIO?

Sim! Só clicar no botão abaixo e você já saberá como funciona mais ou menos.

Assistir ao vídeo

QUAL O MELHOR DIA PARA IR?

Dias ensolarados! O sol faz total diferença nas fotos de uma vinícola!

EM QUAL VALE ESTÁ LOCALIZADA ESSA VINÍCOLA?

No Valle del Maipo

POSSO IR COM CRIANÇAS?

Pode sim! Cobramos o valor de 17.500 pesos para crianças de 2 a 10 anos de idade.

QUANTO TEMPO ATÉ CHEGAR LÁ?

Cerca de 1:30h. A vinícola fica a 45 km de Santiago.

QUE HORAS PASSAM PARA ME BUSCAR?

Um dia antes do seu passeio, um dos nossos vendedores irá entrar em contato com vocês para dizer o horário exato que o seu guia passará no seu hotel no dia seguinte. Muito importante que vocês já estejam na recepção nesse horário. (Não precisa ficar do lado de fora não, o guia entra no hotel para buscar vocês).

OS GUIAS FALAM PORTUGUÊS?

Sim! A vinícola dispõe de guias que falam português, inglês e espanhol.

TEM ALGUMA ALTERNATIVA PARA AS CRIANÇAS - JÁ QUE NÃO PODEM BEBER VINHO?

Sim! Normalmente a vinícola disponibiliza suco de uva para os pequenos.

É MAIS BARATO COMPRAR VINHO NA VINÍCOLA OU NO SUPERMERCADO?

Depende! Quando a vinícola faz promoções, vale mais a pena lá mesmo! Mas o supermercado Jumbo também tem preços bem atrativos!

AS DEGUSTAÇÕES ACONTECEM NO INÍCIO, FINAL, OU MEIO DO TOUR?

No final!

TEM ALGUM DIA QUE VOCÊS NÃO FAZEM ESSE PASSEIO?

Sim, na segunda-feira. Porque o Museu Andino é fechado - como todos os outros museus do Chile nas segundas. E priorizamos sempre uma experiência completa aos nossos clientes.

QUANTO TEMPO DURA O TOUR DENTRO DA SANTA RITA?

Cerca de 1h e 10 minutos.

QUAL ÉPOCA IR?

ÉPOCA QUENTE - VERÃO/PRIMAVERA

É a época ideal para a visitação de vinícolas! Dependendo do mês - em março por exemplo - você pode pegar a Festa da Vendimia - festa da colheita da uva! Aqui no Chile é uma grande celebração! E você pode ter aquela experiência de amassar as uvas com os pés em alguns festivais. Também dá para comer a uva direto do pé - bem docinha!

ÉPOCA FRIA - OUTONO/INVERNO

Essa época a vinícola troca de visual: os galhos cheios de folhas e vida dão lugar aos galhos secos e cinzas. Fica uma paisagem bem "européia". Uma desvantagem é que não dá para comer a uva direto do pé - porque o período de colheita já passou e agora as parreiras estão em "repouso" para iniciar um novo ciclo.

QUE TIPO DE ROUPA USAR?

Segunda camada

Necessária apenas na época fria, porque as temperaturas em Santiago no inverno são bem baixas.

Já na época quente, invista em chapéus/bonés.. porque o sol castiga!

O QUE LEVAR?

DICAS EXTRAS

Qual vinícola escolher?

Santa Rita é aquela vinícola para quem quer tomar bons vinhos, curtir a beleza das parreiras e aprender um pouco sobre o processo de produção do vinho.

Essa e a Undurraga dão um show de conhecimento e informações técnicas sobre vinhos! Mas perdem para a Concha y Toro no quesito “paisagens”. Não que essas duas não sejam bonitas… porque são! Até demais! Mas a Concha é aquela que você olha e não acredita no que os olhos estão vendo.

Desvantagem da Concha y Toro: não foca muito em técnicas de produção – falam bem superficialmente. Muitos a consideram uma vinícola muito comercial, por focar muito na venda dos seus vinhos.

Então depende muito do que você busca em uma vinícola: visuais encantadores que parecem ter saído de cenas de filmes, ou técnicas de produção bem explicadas para voltarem ao Brasil com um conhecimento a mais nessa área?

Nós, da We Love Chile, sinceramente recomendamos as três! hahaha Cada uma tem algum diferencial a mais para acrescentar.

Jamais esqueçam do protetor solar! No inverno também, mesmo que esteja nublado.

Já aviso que quem não usa, depois de tomar banho no hotel à noite, fica com a cara toda vermelha! hahaha

Não esqueçam de fazer o Seguro Viagem! Importantíssimo para qualquer lugar do mundo.

Clicando no link abaixo, temos um desconto de 5% para vocês 🙂

É só digitar na parte de cupons: WELOVECHILE5

CUPOM: WELOVECHILE5

Banheiros disponíveis na vinícola!

Os celulares costumam descarregar bem rápido – já que estamos tirando fotos e fazendo vídeos o tempo inteiro. Então, recomendamos levar bateria extra! Para não se preocuparem em “economizar” bateria e realmente conseguirem registrar cada pedacinho dessa viagem.

Ah! Não esqueçam que fechando este passeio com a gente, vocês já ganham um chip de internet gratuitamente! Aproveitem para nos marcar nos stories! hahaha

RESERVAR PASSEIO
%d blogueiros gostam disto: