20.7 C
Santiago do Chile

VALLE DE LA LUNA

Laíse Mesquita

DURAÇÃO

Meio período (16h às 20h)

INCLUI ALIMENTAÇÃO?

Não.

PREÇO PARA ADULTOS

20.000 pesos (valores de combo - a partir de 3 passeios - devem ser consultados com o atendimento).

PREÇO PARA CRIANÇAS

13.600 pesos

PONTO DE PARTIDA

Rua Caracoles (endereço exato pelo Whatsapp)

PONTO DE RETORNO

Centro de San Pedro.

TICKETS

3.000 pesos.

ALTITUDE

2.600 mts.

DISPONIBILIDADE

O ano inteiro (menos 01/01 e 25/12)

O QUE PRECISO PARA RESERVAR?

Preencher o formulário de reserva e pagar 30% de adiantamento.

CANCELAMENTO SEM TAXA

Cancelando em até 48 horas antes do início da atividade, nós devolvemos 100% do adiantamento pago para realizar a reserva.

REMARCAÇÃO SEM TAXA

Você pode remarcar sem nenhuma taxa extra a data do seu passeio - em até 48 horas antes do início da atividade.

IMPORTANTE

Não é mais possível a entrada na Caverna do Valle de La Luna! (Cânion das Cuervas de Sal).

Antes incluíamos esse ponto no nosso roteiro, entretanto, a entrada não é mais autorizada.

A ordem dos lugares que visitamos não é necessariamente essa descrita no itinerário, ok? Pode variar de acordo com as condições meteorológicas do dia. Mas sim ou sim, conheceremos todos os locais.

Só buscamos nos hotéis que ficam dentro da área urbana de San Pedro de Atacama.

Ou seja, não buscamos em: Solor, Sequitor, Toconao, Coyo, Yaye, Quitor nem Checar.

Temos 15%  de desconto para crianças de 2 a 10 anos (considerando o valor de combo).

E 20% de desconto para crianças abaixo de 2 anos.

ITINERÁRIO

Prontos para começarmos essa aventura? Esteja no ponto de encontro marcado pelo Whatsapp 15 min antes do horário, ok?

Peço para que realmente estejam lá na hora, porque saímos pontualmente!

Horário de saída: 16h.

CORDILLERA DE LA SAL

Antes de mais nada, é muito importante que vocês saibam que o Valle de La Luna fica localizado na Cordilheira de Sal. O local inteiro é formado por rochas, argila, gesso, sal e areia. Esse é o tipo de lugar que você vai chegar e se perguntar se está no lugar certo, porque parece mais com a Lua que qualquer outra coisa! E quando chegarmos no próximo Valle (de la Muerte), vocês vão ver que parece com Marte!

Ele é formado por rochas salinas – totalmente desenhadas pela erosão do tempo. As grandes mudanças de temperaturas (do dia para a noite) e o vento deram ao lugar um visual único!

Assim que chegamos, temos que pagar um ticket de entrada que custa 3.000 pesos chilenos (não incluso no valor total do passeio).

Vamos conhecer três dos principais pontos da Cordilheira de Sal!

Essa é uma escultura natural formada de quartzo e granito! Simbolizam três “virgens”, mas que precisamos ter um pouco de imaginação para conseguir enxergar! hahaha

Atualmente só existem duas porque uma delas foi quebrada quando um turista tentou subir para tirar uma foto =/

O sal escondido na areia que fica em torno dessas esculturas, brilha como pequenos fragmentos de estrelas, sabe? Observem tudo ao redor para não perder nenhum detalhe legal 🙂

ANFITEATRO

Essa é uma formação geológica muito muito bonita! Tem várias camadas de pedras e uma cor bem intensa. E, logo na frente, está a Duna Mayor! Outro dos pontos principais desse passeio.

Esse Anfiteatro mais parece uma arena de luta! Tipo o Colosseu, sabe? hahaha Só que com tons mais alaranjados!

Percorremos ele a pé, enquanto o guia explica um pouco sobre o seu processo de formação. Sedimentação, o porque de ter umas “linhas brancas” nas formações rochosas, o motivo de ter tanto sal.. são muito interessantes todas essas informações!

DUNA MAYOR

Nessa parada precisamos pedir um pouco mais de oxigênio e força do nosso corpo porque vamos fazer uma caminhadinha básica.

É normal que aqui se sintam mais fortes os efeitos da altitude, mas não muito. Vamos caminhar até chegar no TOPO dessa duna, pra ter a vista mais recompensadora que vocês vão ver na vida inteira! hahaha É uma visão de “cima”, onde você vai conseguir contemplar toda a MAGIA e a IMENSIDÃO desse Valle. As melhores fotos são desse ponto no nosso itinerário!

Preparem-se para muuuita areia no rosto também! Faz parte da experiência. Atenção nas demarcações que tem no chão, andem sempre dentro do caminho permitido.

DICA: Não fiquem apenas no ponto inicial desse mirante. Ande pros lados também! Quanto mais pro lado você andar, menos pessoas terão e maior a vista vai ficando. Você vai perceber em um momento que terá uma visão panorâmica do local! De um lado, todas as montanhas. E, do outro, um mar de areia! Não consigo dizer qual o mais bonito.

Atualização: Não podemos mais chegar no topo da duna por ordens da comunidades de administração local, para a preservação do formato natural da duna.

VALLE DE LA MUERTE

Chegamos para o último ponto do nosso passeio: o temível Valle de La Muerte! O abismo de areia!

Ele tem esse nome porque foram encontrados restos de ossos (humanos e animais). E todos que tentavam cruzar o vale, morriam no caminho. =O

Vale ressaltar que também é possível realizar atividades radicais nesse valle (como sandboard), só não nesse passeio – teria que ser um outro dia para isso.

Assim que entramos nesse local, nos deparamos com muitas dunas e cânions, com formações gigantescas e pontiagudas!

A paisagem desse local é algo que vocês dificilmente vão ver em outro lugar na vida. Aqui é a onde a verdadeira sensação de “estar em Marte” se realiza! Você vai olhar toda a Cordillera de la Sal de cima, quase como se estivesse “flutuando” por cima dela…

PEDRA DO COIOTE

Nosso último ponto do passeio: Mirador de Kari, para tirar uma foto na famosa Pedra do Coiote – é aqui que todo mundo faz aquela foto pulando! Entretanto, atualmente ela está com algumas rachaduras na sua base, e eles colocaram uma “corda de segurança” para evitar possíveis acidentes. Então você precisa se afastar um pouco para conseguir sua foto.

Daqui vamos conseguir observar a Cordillera de la Sal, a de Domeyko e a dos Andes!

E, por fim, aproveitem o por-do-sol! A gama de cores é de um gradiente infinito de tonalidades. Mas mesmo depois que o sol se põe, o espetáculo continua! Agora tem uma dança de cores, sombras e luzes que nos emocionam profundamente. Olhem os vulcões! Eles começam a mudar de cor também! De marrom, vão para vermelho.. depois lilás e finalizam com um roxo bem intenso. Vai ser difícil acreditar no que os olhos estão vendo!

TE DEIXAMOS NO CENTRO DE SAN PEDRO

Chegamos ao fim do nosso passeio.. espero que tenham gostado dessa experiência única!

Te deixamos no centro de San Pedro aproximadamente às 20h da noite.

O QUE INCLUI O PASSEIO?

Guia turístico

Translado ida e volta

PERGUNTAS FREQUENTES

Posso fazer esse passeio no meu primeiro dia de viagem?

Super deve! Como ele é praticamente da mesma altitude do centro de San Pedro, é ótimo para já ir se aclimatando - logo no primeiro dia.

Vamos caminhando de um ponto a outro nesse passeio?

Não! O Valle de la Luna é gigantesco! Vamos de van entre um ponto e outro.

Vou conseguir tirar minha foto na pontinha da Pedra do Coiote?

Infelizmente não. A pedra está com uma rachadura na base, e eles colocaram uma corda de segurança no início para prevenir possíveis acidentes. Então você precisa se afastar um pouco dessa corda para tirar sua foto. (Aquela bem na pontinha já não é mais possível).

O Valle de la Luna fica a quantos km de San Pedro?

Fica a 17 km do centro de San Pedro.

Dá pra fazer Sandboard no mesmo dia do Valle de La Luna?

Não, teria que ser em um outro dia, pois esse passeio é realizado no período da tarde - e leva uma tarde inteira para aprender a usar o equipamento, subir e descer da duna várias vezes, etc.. Não daria tempo de realizar o esporte e conhecer todos os pontos turísticos desse tour em um único dia.

Posso fazer esse passeio de bicicleta?

Dá sim, para os aventureiros e esportistas de plantão! Mas se preparem para voltar com as pernas MOÍDAS e um belo bronzeado! Hahaha a distância entre os principais pontos do Valle é realmente muito grande.. então, precisa ter muito fôlego para pedalar. E, caso seu objetivo seja assistir o por-do-sol também, lembrem-se de ir com uma lanterna no capacete! Ficar de noite no meio do deserto não é legal, ainda mais com tudo escuro e sem nenhuma iluminação.

É verdade que faz muito frio mesmo no final do passeio?

Sim! Durante o dia realmente vai fazer muito calor.. mas depois que o sol se põe, as temperaturas baixam muitíssimo. Despencam na verdade! Hahaha Então lembrem-se de colocar uma blusa/agasalho na sua mochila para não ficar com muito frio.

Passamos nas Cavernas de Sal?

Não mais! Elas faziam parte do nosso itinerário antes, mas atualmente não é mais permitida a entrada nelas.

QUAL ÉPOCA IR?

ÉPOCA QUENTE - VERÃO/PRIMAVERA

SOL SOL SOL, CALOR, CALOR, CALOR. Estejam preparados para isso. O sol do deserto não é brincadeira. Recomendo ir com roupas bem leves e soltas. De preferência, aquelas blusas de manga longa para proteger também contra a radiação solar. Muuuuuito protetor solar. Um boné sim ou sim para proteger o rosto. Na parte de baixo, leggings ou shorts confortáveis para a caminhada. (Para quem for de leggings pretos, eles vão voltar todos sujos de areia, tá? E fica bem perceptível na foto também! Aviso porque tem pessoas que se importam com isso... mas eu acho que faz parte da experiência! haha). Não esqueçam de levar um agasalho para depois que o sol se por! As temperaturas baixam muito.

No quesito paisagem, esse passeio não muda em absolutamente nada. Vai ser a mesma paisagem tanto no verão quanto no inverno.

Dica extra para as meninas: usem vestido! hahaha as fotos ficam absolutamente PERFEITAS nesse cenário todo alaranjado, com o vento batendo e seu vestido colorido flutuando, quase que como se você estivesse "voando".

ÉPOCA FRIA - OUTONO/INVERNO

Recomendo se vestirem em camadas! Já que o clima no inverno é bem frio, mas com as muitas caminhadas que vocês farão nesse passeio, pode ser que sintam calor. Aí conforme o dia for rolando, vocês vão apenas retirando as camadas mais externas.

A paisagem é exatamente a mesma da época quente, não muda em nada.

QUAL TIPO DE ROUPA USAR?

Segunda camada

Época quente: Camisas de manga longa (de tecido leve) para proteger do sol ao longo do dia (junto com muito protetor solar). Calças confortáveis para fazer caminhadas, como: calças esportivas/leggings/shorts.

Época fria: Camisas de um tecido um pouco mais pesado e calças esportivas para caminhadas. Vai esquentando ao longo do passeio pelas caminhadas que iremos fazer. Por isso é super importante se vestir em camadas! Porque quando for dando calor, você só vai retirando as camadas mais externas.

Terceira camada

Época quente: Agasalho corta-vento para quando o sol se por. As temperaturas baixam drasticamente e o vento gelado castiga, hahaha.

Época fria: Casacos de inverno pesados – de preferência aqueles com pelinhos por dentro. Atenção: jaquetas/sobretudos não costumam dar conta do frio depois que o sol se põe.

O QUE LEVAR?

Mochila

Snacks

Protetor solar

Protetor labial

Óculos de sol

Colírio

DICAS EXTRAS

Não esqueçam de fazer o Seguro Viagem! Importantíssimo para qualquer lugar do mundo.

Clicando no link abaixo, temos um desconto de 5% para vocês 🙂

É só digitar na parte de cupons: WELOVECHILE5

SEGURO VIAGEM

Tem banheiros nas entradas do Valle de la Luna e do Valle de la Muerte.

%d blogueiros gostam disto: